Prémio Cagarro D'Ouro  |  Artigos Científicos  |  Parceiros  |  Notícias  |  RESOURCES IN ENGLISH  |  Campanhas Cagarro noutras latitudes
<Dezembro de 2019>
segterquaquisexsábdom
2526272829301
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
303112345
Zonas
 

Açores
Corvo
Faial
Flores
Graciosa
Pico
Santa Maria
São Jorge
São Miguel
Terceira

 

Atualizado em: 22-11-2019



 

Zeca Garro ... saber mais

Horta 10-10-2019

Diretor Regional adianta que furacão Lorenzo afetou população de cagarros do Pico e Faial


O Diretor Regional dos Assuntos do Mar afirmou, na Horta, que a campanha SOS Cagarro deste ano vai ser “uma campanha diferente das anteriores”, considerando os impactos da passagem do furacão Lorenzo pelos Açores, que vitimou centenas de aves, sobretudo nas ilhas do Pico e do Faial.

Segundo Filipe Porteiro, naquelas ilhas registou-se uma “mortalidade elevada na população de cagarros, adultos e juvenis”, tendo sido encontradas cerca de 700 aves mortas durante as limpezas da orla costeira.

O Diretor Regional, que falava quinta feira durante a sessão de abertura do SOS Cagarro 2019, salientou a importância das brigadas científicas, coordenadas pelo Observatório do Mar dos Açores, para um melhor conhecimento desta espécie, bem como do projeto LuMinAves, que avalia o impacto da luminosidade nestes animais.

Desde 2015 que, no âmbito do SOS Cagarro, os cagarros juvenis encontrados sem vida e em bom estado são preservados para serem utlizados em vários estudos, entre os quais estudos sobre o impacto do lixo marinho nestas aves.

É caso do projeto LIXAZ, a decorrer no Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores, liderado pelo investigador Christopher Pham, que, desde 2015, já analisou o conteúdo estomacal de mais de quatro centenas de cagarros, dos quais 90% continham microplásticos.

Após a passagem do furação Lorenzo, este investigador recolheu quatro dezenas de cagarros encontrados mortos na ilha do Faial que vão servir para fins científicos.

Em 2018, durante a campanha foram salvas 5.076 aves juvenis em todo o arquipélago.

A campanha SOS Cagarro, que decorre até 15 de novembro, é coordenada e dinamizada pelo Governo dos Açores, através da Direção Regional dos Assuntos do Mar, e operacionalizada pela Direção Regional do Ambiente, através dos Parques Naturais de Ilha, contando com o apoio de diversas entidades.

O cagarro é a ave marinha mais icónica dos Açores com um estatuto de conservação reconhecido internacionalmente.

Para mais informações, os interessados podem consultar a página do ‘SOS Cagarro’ no endereço eletrónico http://soscagarro.azores.gov.pt.

Autor: GM GACs

Pesquisa
 
 
Últimos conteúdos
 
Alunos da Escola da Maia sensibilizados ...
Brigadas SOS Cagarro arrancam no Corvo c...
Abertura Campanha SOS Cagarro 2019
Encerramento SOS Sao Miguel
 
 
 
“O Cagarro”
“Cagarro, cagarrinho”
“Aves vindas do mar”
"DJ Cagarro Master"
 
 
 



 

 

INÍCIOCAMPANHAO CAGARROINICIATIVASBRIGADAS CIENTÍFICASRECURSOSRELATÓRIOSCONTACTOSLUMINAVES

©2004-2019 Presidência do Governo dos Açores
Todos os Direitos Reservados

Portal do Governo dos Açores
Governo Regional dos Açores  UE