Instrumentos Gestão  |  Licenciamentos  |  Domínio Público Marítimo  |  Intervenções  |  Atividades Marítimas  |  Zonas Balneares  |  RACA  |  Biodiversidade Marinha  |  Áreas Marinhas




  
 



 

Contas de Gerência


Contratação Pública




Destaques
 
Águas Balneares | Açores 2014
 Mais »
Parque Marinho dos Açores
 Mais »
 
Últimos conteúdos
 
Abaco
Zona Z - Arquivo
Governo dos Açores publica manual de uti...
Projeto
 

MONIZEC-ARP - Monitorização de áreas marinhas protegidas dos Açores com regulamentação de restrição à atividade da pesca


Em 2014 procedeu-se à regulamentação de uso de áreas protegidas nas zonas costeiras da ilha de Santa Maria. Nesse processo, foram ouvidas as associações representativas do setor da pesca, dos profissionais das atividades marítimo-turísticas, da Universidade dos Açores, das organizações não-governamentais para o ambiente e desporto marítimo, de onde resultou a necessidade de continuar a condicionar, a título permanente, a atividade da pesca em algumas áreas marinhas sensíveis em torno daquela ilha, potenciando o seu papel na recuperação de recursos costeiros e as atividades marítimo-turísticas de observação de fauna marinha. A Portaria n.º 87/2014 de 29 de dezembro de 2014 procedeu, assim, à regulamentação de acesso ao exercício da atividade da pesca, atividades marítima-turísticas e outras em zonas marinhas em torno da ilha de Santa Maria.

Posteriormente, em 2016, procedeu-se à regulamentação do exercício da atividade da pesca em zonas marinhas costeiras em torno das ilhas do Faial, Pico e Graciosa, adotando-se a designação de Áreas de Restrição à Pesca (ARP). Foram novamente ouvidas as partes interessadas, nomeadamente as associações representativas do setor da pesca, profissional e lúdica, e consultado o departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores. Resultaram as Portarias n.º 53/2016 e n.º 55/2016, ambas de 21 de junho de 2016.

Foi acordado, em sede de audição das partes interessadas de um dos processos acima referidos, que as ARP seriam alvo de monitorização científica, cujos resultados deveriam ser apresentados publicamente e que um relatório seria remetido às associações representativas do setor da pesca das ilhas em causa. Neste contexto, o programa de monitorização da biodiversidade marinha em Áreas Marinhas Protegidas dos Açores que estava em curso, estendeu-se a estas novas áreas (o MONIZEC-ARP), com o objetivo de obter a informação relevante sobre os efeitos da sua proteção, nomeadamente e monitorizando a condição das populações de algas, invertebrados e peixes, comparando a situação dentro e fora das ARP.

Os trabalhos desenvolvidos ao abrigo deste programa de monitorização decorreram 2016 e 2018 e os resultados foram apresentados em 2019, na forma de um relatório não técnico, da autoria do Grupo em Áreas Marinhas Protegidas dos Açores (GAMPA) / IMAR. Foram ainda produzidos desdobráveis que apresentam um resumo dos resultados obtidos para cada ilha abrangida pelos trabalhos.


Links para download:


Relatório não técnico – Monitorização de áreas marinhas protegidas dos Açores com regulamentação de restrição à atividade da pesca – MONIZEC-ARP

4 desdobráveis (Graciosa, Corvo, Faial-Pico e Santa Maria/Formigas)

 

Numero de Visitantes
  869994  
Zonas
 

Açores
Corvo
Faial
Flores
Graciosa
Pico
Santa Maria
São Jorge
São Miguel
Terceira

 
  

  










       

 

HOMEMISSÃOPROJETOSLEGISLAÇÃOCAMPANHASLINKSCONTACTOSFORMULÁRIOS ONLINE

©2004-2020 Presidência do Governo dos Açores
Todos os Direitos Reservados

Portal do Governo dos Açores
Governo Regional dos Açores  UE