principal
Presidente
Governo Regional
Espaço Cidadão
Espaço Empresas
Sobre os Açores
  notícias Legislação Agenda fotos Contactos Mapa do Portal Ajuda
English VersionCHANGE LANGUAGE
Rastreio Organizado de Cancro do Cólon e Reto nos Açores - ROCCRA
 

Nos Açores, todos os anos, aparecem 95 novos casos de cancro no intestino (cólon e reto).
A identificação, atempada, desta patologia, através de um programa de rastreio, reduzirá, em muito, a mortalidade, os novos casos e o sofrimento humano, bem como os custos das famílias e do erário público.
O Programa de Rastreio Organizado de Cancro do Cólon e Reto nos Açores (ROCCRA), desenvolve-se sob a coordenação do Centro de Oncologia dos Açores (COA). Iniciou-se em Janeiro de 2014, abrange 60 000 açorianos e é totalmente gratuito.


O que é o ROCCRA?
É um programa de medicina preventiva (saúde pública) que tem por objetivo, nuns casos, detectar lesões benignas (pólipos) que podem, a médio e longo prazo, evoluir para cancro e, noutros casos, diagnosticar cancros (habitualmente pequenos) no intestino antes destes provocarem sintomas e ameaçarem a vida.

1. Quem pode participar?

2. No que consiste?

3. Como pode participar?

4. Pode alimentar-se, normalmente, antes de fazer a colheita?

5. Como deve devolver o coletor?

6. Quando recebe o resultado?

7. Se o exame der sangue nas fezes quer dizer que se está doente?

8. Como marcar esse exame?

O rastreio de cancro do intestino é gratuito e eficaz.
Participar é fácil e só traz benefícios.
Convença os amigos.
DIGA SIM À VIDA!

1. Quem pode participar?
Todos os homens e mulheres, inscritos no Centro de Saúde, com idade entre 50 e 69 anos.

2. No que consiste?
Na pesquisa da presença de sangue oculto nas fezes, a realizar de 2 em 2 anos.

3. Como pode participar?
Assinando o destacável de uma carta convite que receberá e enviando-o, pelo correio, no envelope com taxa paga, que também receberá.
Depois de ter o seu consentimento, o COA remeterá, pelo correio, no prazo de 1 a 2 semanas, o coletor (um pequeno frasco achatado) e as instruções que lhe permitirão fazer, na sua casa, a colheita da amostra de fezes.

Os convites serão remetidos de acordo com a sua freguesia de residência.

Previsão da data de restreio por freguesia.

4. Pode alimentar-se, normalmente, antes de fazer a colheita?
Sim.

5. Como deve devolver o coletor?
Deverá enviá-lo, com a maior rapidez possível, pelo correio, no envelope com taxa paga que lhe foi remetido.

6. Quando recebe o resultado?
Num prazo, máximo, de 1 a 2 semanas, pelo correio.

7. Se o exame der sangue nas fezes quer dizer que se está doente?
Não. Apenas quer dizer que deverá fazer um exame ao intestino – colonoscopia, a realizar, gratuitamente, no hospital.

8. Como marcar esse exame?
Será contatado pela equipa de apoio do seu Centro Saúde que, num curto espaço de tempo, tratará da preparação e marcação do exame.

 

 
Anexos:

 

. Cartaz
. Folheto informativo
 
 
 


<< voltar
Pesquisa
 
Onde?
Pesquisa Avançada >>
 




 

Casa da Autonomia
Jornal Oficial
Programa de Governo
Açores 2020
 PROMEDIA 2020
 O Governo dos Açores mais perto de si - clique para enviar e-mail
Roteiro AP
 Linha Verde Apoio ao Cidadão
 
Rede Prestige Azores
 Provedor do Utente da Saúde
  
Ouvir Esta Página OUVIR
Ir para o topo desta página TOPO
ajuda AJUDA
English VersionCHANGE LANGUAGE

 
Símbolo de Acessibilidade à Web
principal | Presidente | Governo Regional | Espaço Cidadão | Espaço Empresas | Sobre os Açores | O Meu Portal