REDE  |  MEDIA
Pesquisa
 
 

 
 
 
 
 
 
    

  JOVENS COM FUTURO 

PROGRAMAS EUROPEUS
<Setembro de 2017>
segterquaquisexsábdom
28293031123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829301
2345678
Destaques
 
Liga-te à TVJ! Web TV da Direção Regional Juventude
 Mais »
Cartão Interjovem 2017 com várias novidades
 Mais »
Já conheces a rede Eurodesk?
 Mais »
Programa Bento de Góis - Fase de candidaturas está aberta
 Mais »
 

Ponta Delgada 28-07-2017

Governo dos Açores investiu 550 mil euros em programas de tempos livres para jovens


O Diretor Regional da Juventude afirmou que o Governo dos Açores "investiu 550 mil euros em programas de tempos livres para os jovens, através dos programas OTL-J e Entra em Campo”.
 
Lúcio Rodrigues, que falava, na Lagoa, em São Miguel, à margem de uma visita ao campo de férias organizado pelo Centro Social e Cultural do Cabouco, salientou que os programas de tempos livres para os jovens “continuam a ser uma aposta forte, enquadrando-se no regime das políticas de juventude do Governo dos Açores, assente em proporcionar experiências que venham reforçar o sentido de pertença e de competência nestes jovens”.
 
Nesse sentido, o Diretor Regional da Juventude frisou que o programa Entra em Campo pretende “não só proporcionar o desenvolvimento pessoal dos jovens”, como também “fomentar a educação cívica e a integração social, através da participação e envolvimento em atividades culturais, desportivas e recreativas”.
 
O Entra em Campo visa promover a ocupação saudável dos tempos livres dos jovens, através de atividades desenvolvidas em campos de férias no período de interrupção letiva da Páscoa e nas férias de verão.
 
Este programa organiza-se em grupos diferenciados, destinando-se a jovens com idades entre os 11 anos e os 14 anos e entre os 15 anos e os 18 anos, abrangendo as áreas do lazer, desporto, saúde, ambiente, ciência, multimédia, cultura e património, ou artes, entre outras.
 
“O programa de Ocupação de Tempos Livres dos Jovens (OTL-J) representa uma forma inovadora de ocupar os tempos livres, contribuindo para a sua educação não formal pela aquisição de novos saberes”, salientou Lúcio Rodrigues.
 
Este programa compõe-se de vários subprogramas, pensados e organizados de acordo com as aspirações e necessidades dos jovens entre os 15 e os 24 anos, que estejam a frequentar ou já tenham concluído o 9.º ano de escolaridade.
 
Este ano, o OTLJ de verão envolveu a participação de 2.657 jovens, colocados em 1.077 projetos.
 


    
Segue-nos:      
Avisos legais -

 

PRINCIPALNOTÍCIASPROGRAMAS DRJLEGISLAÇÃOCANDIDATURASCONTACTOSLIGAÇÕES ÚTEIS

©2004-2017 Presidência do Governo dos Açores
Todos os Direitos Reservados

Portal do Governo dos Açores
Governo Regional dos Açores  UE