CIÊNCIA  |  TECNOLOGIA  |  CULTURA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA  |  PARCERIAS INTERNACIONAIS

 

 
  

 

Destaques
 
Concurso para bolsas de pós-doutoramento
 Mais »
Contributo para uma política de Ciência nos Açores
 Mais »
Comissão Consultiva ad-hoc de suporte à definição de uma Política de Ciência para a RAA
 Mais »
Livro de Atas das Jornadas "Ciência nos Açores, que Futuro?"
 Mais »
 

13-09-2016

Governo dos Açores cede terrenos à Universidade no valor de 12,6 milhões de euros


O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia afirmou hoje, em Ponta Delgada, que “a história da Universidade dos Açores, que comemora 40 anos, mistura-se com a história da Autonomia”, salientando que a academia açoriana “é um pilar de desenvolvimento da Região”.

Fausto Brito e Abreu falava na assinatura do auto de cessão à Universidade dos Açores dos prédios que integram o Campus Universitário de Ponta Delgada, cerimónia presidida pelo Vice-Presidente do Governo Regional, Sérgio Ávila.

Brito e Abreu frisou que a cedência de terrenos formalizada hoje, que “reforça o património da Universidade dos Açores num valor superior a 12,5 milhões de euros”, está integrada “num esforço que o Governo Regional tem feito, ao longo de 40 anos, para manter uma grande proximidade” com esta instituição.

Nesse sentido, o titular da pasta da Ciência assegurou que, embora o Executivo açoriano não tenha a tutela do Ensino Superior, “o Governo dos Açores nunca deixou de considerar a sua Universidade”.

“O governo central é responsável pelo financiamento da Universidade dos Açores mas, ao longo dos últimos anos e, em especial, nos últimos quatro anos, o Governo Regional fez um esforço grande para manter apoios em diversas linhas”, disse, apontando os concursos para apoio a projetos de investigação científica, os apoios ao funcionamento dos centros de investigação, bem como a atribuição de bolsas de formação avançada.

Entre 2012 e 2016, segundo Brito e Abreu, os apoios do Governo Regional à Universidade dos Açores correspondem a 7,6 milhões de euros, que devem ser vistos como “um investimento no desenvolvimento da Região”.

Na sua intervenção, o Secretário Regional da Ciência salientou a importância da Universidade dos Açores em várias valências, “que permite a estudantes Açorianos serem formados na Região e atrai gente de todo o mundo para fazer a sua formação superior nos Açores”, destacando também que se trata de uma instituição de investigação científica com "cada vez mais publicações científicas reconhecidas a nível internacional”.

O governante frisou ainda a importância da Ciência para a Região, lembrando que os Açores estão a milhares de quilómetros dos principais mercados e que, por isso, têm de “apostar numa economia cada vez mais baseada no conhecimento”.

Segundo Brito e Abreu, o Governo dos Açores é um dos principais clientes da Universidade dos Açores, através da contratação de “muitos estudos científicos” que contribuem para “a definição de várias políticas regionais”.

Para além dos investimentos na Universidade e no aumento da sua capacidade científica, o Secretário Regional afirmou que o Executivo açoriano tem “tentado fazer pontes mais diretas entre a academia e o tecido empresarial”, apontando a criação dos parques tecnológicos NONAGON, na Lagoa, e TERINOV, em Angra do Heroísmo.

Brito e Abreu recordou ainda o regime de apoios que está em vigor para projetos de investigação científica em contexto empresarial, que “permitem a qualquer empresa açoriana, fazendo uma parceria com a Universidade dos Açores ou os seus centros de investigação, poder concorrer a um envelope financeiro de dois milhões de euros”.

Autor: GaCS/GM

Calendário de Eventos
 
<Novembro de 2017>
segterquaquisexsábdom
303112345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930123
45678910
 

HOMEEVENTOSCONCURSOSLEGISLAÇÃOE-SERVIÇOSLIGAÇÕES ÚTEISCONTACTOS

©2004-2017 Presidência do Governo dos Açores
Todos os Direitos Reservados

Portal do Governo dos Açores
Governo Regional dos Açores  UE