principal
Presidente
Governo Regional
Espaço Cidadão
Espaço Empresas
Sobre os Açores
  notícias Legislação Agenda fotos Contactos Mapa do Portal Ajuda
English VersionCHANGE LANGUAGE
Programa de Intervenção no Cancro da Cavidade Oral nos Açores - PICCOA
 

Nos Açores ocorrem, por ano, 57 novos casos de cancro na cavidade oral.
A identificação, atempada, desta patologia, através deste programa de saúde pública, reduzirá, em muito, a mortalidade e o sofrimento humano.
O PICCOA, com início em 1 de janeiro de 2017, desenvolve-se sob a coordenação do Centro de Oncologia dos Açores em parceria com todas as Unidades de Saúde de Ilha e com os três Hospitais dos Açores.
Envolve cerca de 130 000 açorianos, homens e mulheres. É totalmente gratuito.

1. O Cancro Oral é Grave?

2. O que causa o cancro oral?

3. Quais os sinais de alerta?

4. Como prevenir?

5. O que é o PICCOA?

6. Como se executa o PICCOA?


7. Como fazer o auto exame?

Previne-te! Não deixes de falar!

 

1. O Cancro Oral é Grave?
Sim. Pode ocorrer na cavidade oral (lábio; língua; palato e soalho da boca; mucosas; osso; glândulas salivares e orofaringe).
É agressivo e traiçoeiro. Geralmente é detetado em estadio avançado, o que dificulta o seu tratamento, embora seja possível a sua identificação por visualização direta. A qualidade de vida das pessoas pode ficar diminuída. Daí a extrema importância de um diagnóstico precoce através do programa e do rastreio PICCOA.

2. O que causa o cancro oral?
Os principais fatores de risco são: Idade; consumo excessivo de tabaco e de álcool; maus hábitos de higiene oral; maus hábitos alimentares; excesso de radiação solar e infeção pelo vírus papiloma humano (HPV).

3. Quais os sinais de alerta?
Feridas que não cicatrizam em duas semanas; sinais recentes no rosto e nos lábios; manchas brancas, vermelhas ou escuras na boca; dormência na língua; sensação de espinha na garganta; dificuldade em engolir ou mover a língua; inchaço no interior da boca e dificuldades no uso de próteses dentárias.

4. Como prevenir?
Aderir ao PICCOA; fazer o autoexame à cavidade oral; evitar substâncias nocivas (álcool e tabaco em excesso); proteger da exposição solar em excesso e ter uma alimentação equilibrada.

5. O que é o PICCOA?
É um programa de intervenção no âmbito da medicina preventiva, que visa detetar, precocemente, lesões pré-malignas ou malignas na cavidade oral e encaminhá-las, com prioridade, para avaliação e posterior tratamento e acompanhamento hospitalar.

6. Como se executa o PICCOA?
Através de três procedimentos:
. Rastreio anual, de todos os homens e mulheres que, nesse ano, façam 40; 45; 50; 55; 60; 65; 70 e 75 anos, através da consulta PICCOA, pelo médico dentista, no Centro de Saúde;
. Consulta de todos os casos com sintomalogia, pré-maligna ou maligna, de cancro oral, referenciados por profissionais médicos;
. Preenchimento e entrega, a cada utente integrado no rastreio, de um boletim individual de saúde oral (BISO 40+).

7. Como fazer o auto exame?
Lave bem as mãos e, com muita luz, coloque-se frente de um espelho e observe atentamente:
. Os lábios com os dentes fechados. Puxe o lábio inferior e o superior e observe as gengivas;
. As bochechas, e o seu interior, com a boca bem aberta;
. Os dentes, o céu e o soalho da boca até à garganta;
. O fundo da garganta, entoando um ruído “aaaaahhhh…” e com uma ligeira inclinação da cabeça para trás;
. A língua por cima, por baixo e nas laterais, esticando-a para fora com ajuda da mão;
. Os nódulos, palpando o rosto e o pescoço.

 

 
Anexos:

. Cataz 
. Folheto informativo 

 
 
 


<< voltar
Pesquisa
 
Onde?
Pesquisa Avançada >>
 




 

Casa da Autonomia
Jornal Oficial
Programa de Governo
Açores 2020
 PROMEDIA 2020
 O Governo dos Açores mais perto de si - clique para enviar e-mail
Roteiro AP
 Linha Verde Apoio ao Cidadão
 
Rede Prestige Azores
 Provedor do Utente da Saúde
  
Ouvir Esta Página OUVIR
Ir para o topo desta página TOPO
ajuda AJUDA
English VersionCHANGE LANGUAGE

 
Símbolo de Acessibilidade à Web
principal | Presidente | Governo Regional | Espaço Cidadão | Espaço Empresas | Sobre os Açores | O Meu Portal