principal
Presidente
Governo Regional
Espaço Cidadão
Espaço Empresas
Sobre os Açores
  notícias Legislação Agenda fotos Contactos Mapa do Portal Ajuda
English VersionCHANGE LANGUAGE
Ver Em: entidades  temas
 

Administração
Agricultura e Floresta
Ambiente
Ciência e Tecnologia
Comércio
Comunidades
Cooperativismo
Cultura
Desporto
Direitos
Educação
Eleições
Emprego
Encerrar uma empresa
Energia
Estatística
Estatísticas e indicadores
Financiamentos e incentivos
Habitação e Equipamentos
Impostos
Incentivos
Indústria
Informação Empresas
Iniciar uma empresa
Inspecção Económica
Juventude
Lazer e Utilidades
Legislação
Licenciamentos
Pescas
Protecção Civil
Saúde
Segurança Social
Transportes
Turismo

 
Comunicação Social
      

Receba as notícias do Governo dos Açores por RSS - clique aqui 

 

Santa Cruz das Flores , 28 de Março de 2019

Governo dos Açores quer facilitar aquisição dos 'Chãos de Melhoras' pelos proprietários de imóveis em Ponta Delgada

O Governo dos Açores aprovou uma anteproposta de lei para facilitar a resolução dos chamados 'Chãos de Melhoras', dando a possibilidade aos proprietários das habitações permanentes de poderem adquirir os solos onde essas habitações estão situadas, essencialmente no concelho de Ponta Delgada, anunciou o Secretário Regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares.

 

Berto Messias, que falava na apresentação do Comunicado do Conselho de Governo que reuniu na ilha das Flores, no âmbito da visita estatutária, sublinho que esta proposta do Executivo pretende “criar um regime de caráter temporário para resolução das situações onde estão implantadas casas em solos que não são propriedade dos donos dessas casas”.

 

“O Governo dos Açores propõe a criação de um regime temporário de regularização da separação entre a propriedade do solo e das casas nele edificadas, mediante o recurso a uma aquisição potestativa por via judicial, a exercer num período máximo de 10 anos”, frisou.

 

A existência dos 'Chãos de Melhoras' tem especial incidência nas freguesias das Sete Cidades, Santo António e Mosteiros, na ilha de São Miguel, estimando-se que existam cerca de 600 pessoas afetadas.

 

Berto Messias adiantou também que o Governo Regional aprovou três propostas na área da Proteção Civil, com o objetivo de “otimizar recursos, reforçar a organização do sistema e, desta forma, melhorar a capacidade de resposta e socorro às populações em situações de catástrofe”.

 

Nesse sentido, o Governo vai concentrar “num único diploma as linhas de orientação em matéria de política regional de Proteção Civil, adequando à realidade regional a Lei de Bases de Proteção Civil, que define que a responsabilidade das políticas e a estruturação dos serviços de Proteção Civil da Região devem ser definidos por diploma dos órgãos de governo próprio dos Açores”.

 

Ainda na área da Proteção Civil, foi aprovado o Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro (SIOPS), que “alargará a capacidade de resposta da Proteção Civil”.

 

Com esta medida, a “gestão das operações cabe ao Centro Regional de Operações e Socorro e deve garantir, em caso de ocorrências, a articulação entre Corpos de Bombeiros, Forças de Segurança, Forças Armadas, Autoridade Marítima, Autoridade Nacional de Aviação Civil e entidades públicas prestadoras de cuidados de saúde".

 

O Conselho de Governo aprovou ainda o Plano Regional de Emergência e de Proteção Civil da Região Autónoma dos Açores, que irá “regular a forma como é assegurada a coordenação institucional e a articulação e intervenção das organizações integrantes do SIOPS”, adiantou Berto Messias.

 

Na área dos transportes aéreos, o Secretário Regional anunciou que o Governo dos Açores decidiu retomar o processo de alienação de 49% do capital social da SATA Internacional - Azores Airlines, S.A. em “procedimento por negociação particular, sendo o mesmo organizado e conduzido de forma aberta, transparente, concorrencial e não discriminatória”.

 

“Esta alienação seguirá, novamente, o procedimento de negociação particular, sendo de igual modo constituída uma Comissão Especial para acompanhamento deste processo”, sublinhou.

 

A aprovação da Estratégia para a Implementação da Mobilidade Elétrica nos Açores, assente na constituição de benefícios fiscais à aquisição de viaturas elétricas, a criação do Conselho da Diáspora Açoriana, a aprovação da Estratégia para o Desenvolvimento da Agricultura Biológica e do Plano de Ação para a Produção e Promoção de Produtos Agrícolas Biológicos da Região Autónoma dos Açores foram outras decisões tomadas pelo Governo dos Açores nesta reunião em Santa Cruz das Flores.


GaCS/TM
 
 
 
  Imagens Adicionais:
  19.4903.jpg
   
   Folha de Impressão   Enviar Enviar Notícia   GaCS Site do GaCS   Órgãos de Comunicação Social Órgãos de Comunicação Social   rss  
     

Informação Relacionada:

Comunicado do Conselho de Governo

Últimas Notícias

Governo faz levantamento no terreno dos estragos provocados pelo mau tempo na ilha Terceira

Diretora Regional destaca liderança das ilhas na transição energética da União Europeia

Serviço Regional de Estatística dos Açores promove XI Jornadas Ibero-Atlânticas de Estatística Regional

Agenda do Governo Regional dos Açores para 19 e 20 de junho

"Contadores de palmo e meio" na Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro, em Angra do Heroísmo

Pesquisa
 
Onde?
Pesquisa Avançada >>
 
 

 

  



Casa da Autonomia
Jornal Oficial
Programa de Governo
Açores 2020
 PROMEDIA 2020
 O Governo dos Açores mais perto de si - clique para enviar e-mail
Roteiro AP
 Linha Verde Apoio ao Cidadão
 
Rede Prestige Azores
 Provedor do Utente da Saúde
  
Ouvir Esta Página OUVIR
Ir para o topo desta página TOPO
ajuda AJUDA
English VersionCHANGE LANGUAGE

 
Símbolo de Acessibilidade à Web
principal | Presidente | Governo Regional | Espaço Cidadão | Espaço Empresas | Sobre os Açores | O Meu Portal