principal
Presidente
Governo Regional
Espaço Cidadão
Espaço Empresas
Sobre os Açores
  notícias Legislação Agenda fotos Contactos Mapa do Portal Ajuda
English VersionCHANGE LANGUAGE
Ver Em: entidades  temas
 

Presidência do Governo
Vice-Presidência do Governo, Emprego e Competitividade Empresarial
Secretaria Regional da Solidariedade Social
Secretaria Regional da Educação e Cultura
Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia
Secretaria Regional dos Transportes e Obras Públicas
Secretaria Regional da Saúde
Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo
Secretaria Regional da Agricultura e Florestas

 
Comunicação Social
      

Receba as notícias do Governo dos Açores por RSS - clique aqui 

 

Lisboa , 21 de Novembro de 2018

Governo dos Açores defende que a Região deve ter um plano estratégico próprio para a PAC 2021/2027

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas defendeu hoje, em Lisboa, a necessidade dos Açores terem um plano estratégico próprio para a Política Agrícola Comum 2021/2027, à semelhança do que acontece no atual quadro comunitário, de modo a melhor atender às especificidades próprias da agricultura na Região e apresentar as melhores soluções para os desafios do setor para a próxima década.

 

“Os Açores são uma região dotada de autonomia política, legislativa e administrativa, com especificidades próprias, que importa continuar a atender no próximo quadro comunitário, sendo para isso importante que tenha um plano estratégico próprio para a PAC 2021/2027”, afirmou João Ponte, que falava no final de uma reunião com o Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, e o Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira.   

 

O titular da pasta da Agricultura, que estava acompanhado pelo Diretor Regional do Desenvolvimento Rural, Vagner Braga, frisou que “as condições edafo-climáticas, a pequena superfície e o isolamento das ilhas tornam mais difícil o exercício da agricultura, a sustentabilidade ambiental e o desenvolvimento harmonioso das zonas rurais, exigindo abordagens distintas do território continental, metas e objetivos diferentes, que só podem ser atendidas com políticas e respostas diferenciadas, por isso o Governo dos Açores defende a regionalização dos planos estratégicos para a próxima PAC”.

 

A proposta para os principais regulamentos de implementação da PAC 2021/2027 prevê a elaboração de um único plano estratégico por Estado-Membro, com uma única autoridade de gestão, que abrangerá o apoio concedido pela União Europeia no âmbito do FEADER.

 

Esse plano incluirá o apoio do desenvolvimento rural e os pagamentos diretos e ainda as intervenções setoriais, onde se inclui, por exemplo, o programa VITIS.

 

“A concretizar-se esta proposta, levaria à definição de indicadores e metas que não têm aplicação nos Açores porque a realidade agrícola é distinta do território continental”, disse o Secretário Regional.

 

Para João Ponte, se aos Estados-Membros se pretende dar uma maior responsabilidade para adaptar as intervenções da PAC, de modo a maximizar a sua contribuição para os objetivos da União Europeia, é pertinente que essa adaptação possa ser efetuada com programas regionais em zonas com caraterísticas específicas, como é o caso das Regiões Ultraperiféricas.

 

O Secretário Regional considerou ainda ser imprescindível garantir um período de transição, de um a dois anos, entre o atual e o próximo Quadro Comunitário de Apoio, de modo a serem asseguradas as ajudas aos agricultores, bem como os meios financeiros para a contínua modernização do setor, fatores essenciais para permitir, durante a transição entre quadros, assegurar a rentabilidade das explorações agrícolas e o desenvolvimento das economias locais.

 

João Ponte manifestou satisfação com o facto do Governo da República partilhar as posições do Governo Regional, quer no que diz respeito à necessidade dos Açores terem um plano estratégico próprio, quer no período de transição entre quadros, que têm sido defendidas pelo Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural na Comissão Europeia.

 

“Esta foi uma reunião de trabalho muito positiva, em que foi possível abordar diferentes questões e perceber a sintonia que existe entre ambos os governos”, frisou o governante, acrescentando que a boa articulação e sintonia entre os dois executivos só favorece o desenvolvimento da agricultura.


GaCS/RM
 
 
 
Anexos:   Imagens Adicionais:
2018.11.21-SRAF-ReuniãoMinistroAgricultura(1).mp3 2018.11.21-SRAF-ReuniãoMinistroAgricultura(2).mp3 2018.11.21-SRAF-ReuniãoMinistroAgricultura(3).mp3   18.3993.jpg 18.3994.jpg
   
   Folha de Impressão   Enviar Enviar Notícia   GaCS Site do GaCS   Órgãos de Comunicação Social Órgãos de Comunicação Social   rss  
     

Últimas Notícias

Agenda do Governo Regional dos Açores para 25 e 26 de maio

Governo dos Açores disponibiliza aplicações de consulta dos resultados, dos candidatos e dos locais de voto das eleições para o Parlamento Europeu

Direção Regional da Cultura assina protocolo de colaboração com o Regimento de Guarnição N.º 1

Governo dos Açores avança com investimento de 450 mil euros para beneficiação de caminhos na ilha Terceira

Programa ‘Casa Renovada, Casa Habitada’ publicado hoje em Diário da República

Pesquisa
 
Onde?
Pesquisa Avançada >>
 
 

 

  



Casa da Autonomia
Jornal Oficial
Programa de Governo
Açores 2020
 PROMEDIA 2020
 O Governo dos Açores mais perto de si - clique para enviar e-mail
Roteiro AP
 Linha Verde Apoio ao Cidadão
 
Rede Prestige Azores
 Provedor do Utente da Saúde
  
Ouvir Esta Página OUVIR
Ir para o topo desta página TOPO
ajuda AJUDA
English VersionCHANGE LANGUAGE

 
Símbolo de Acessibilidade à Web
principal | Presidente | Governo Regional | Espaço Cidadão | Espaço Empresas | Sobre os Açores | O Meu Portal