Direção Regional do Turismo

  

Ilha de Santa Maria

HISTÓRIA

Desconhece-se a data do descobrimento de Santa Maria. De certo sabe-se que caravelas portuguesas fizeram o reconhecimento do seu litoral em 1427 e que Gonçalo Velho Cabral, navegador ao serviço do infante D. Henrique e freire da Ordem de Cristo, lançou em Santa Maria e foi, mais tarde, o seu capitão-donatário. Primeira ilha dos Açores a ser povoada, vê desembarcar das caravelas, em 1439, o punhado de pioneiros que se fixaram na Praia dos Lobos, ao longo da ribeira do Capitão. João Soares de Albergaria, sobrinho do primeiro capitão-donatário e seu herdeiro, dá um novo impulso ao povoamento de Santa Maria trazendo famílias do continente, sobretudo algarvias.

Até final do séc. XV Santa Maria regista grande desenvolvimento, o que leva a que o primeiro foral de vila nos Açores seja concedido à localidade do Porto, desde então denominada de Vila do Porto.
A prosperidade da ilha assentou, até final do séc. XVIII, no pastel, que era considerado o melhor do arquipélago e existia em abundância, e na urzela, exportados para as tinturarias da Flandres, e na cultura do trigo, que tinha procura no continente e abastecia as praças-fortes portuguesas do Norte de África.
A sua proximidade das costas da Europa e da África trouxe-lhe, em 1493, a visita de Cristóvão Colombo, no regresso da primeira viagem à América, em cumprimento de promessa religiosa e procura de víveres.
Considerado vulgar pirata, foi preso, às ordens do governador da ilha, até completo esclarecimento das razões da sua vinda. Os verdadeiros piratas vieram, nos sécs. XVI e XVII, com os ataques corsários ingleses, franceses, turcos e argelinos, que apesar das fortificações construídas, efetuavam razias, incendiavam e pilhavam e levavam os habitantes prisioneiros como escravos e reféns.
Em 1616 a ilha é ocupada, durante cinco dias, por piratas marroquinos, que em 1675 praticavam inúmeras atrocidades, chegando a flagelar habitantes com uma barra de ferro.
Dedicando-se à agricultura, em que predominam vinhedos, trigo, milho, batata, inhame, pomares, à pecuária e aos lacticínios, Santa Maria atravessou, sem sobressaltos, os sécs. XVIII e XIX, se exceptuarmos a presença de um contingente de jovens da ilha entre as tropas que participam no desembarque no Mindelo e no cerco do Porto, em 1832, durante as lutas liberais e miguelistas. O século XX traz-lhe, com a construção do aeroporto em 1944 - de grande valor estratégico durante a Segunda Guerra Mundial e ponto de escala obrigatório nas travessias atlânticas, até finais da década de 60 - uma nova dinâmica e progresso. A introdução de novos modelos de aviões com maior autonomia de voo tem vindo a reduzir o tráfego no aeroporto, mas o futuro da ilha é encarado com esperança a partir de um adequado aproveitamento dos seus recursos naturais e posição geográfica. 

 

GEOGRAFIA

Recortada por baías profundas, a ilha de Santa Maria tem 97,42 Km2 de superfície, com 17 km de comprimento e 9,5 km de largura máxima. A um planalto de baixa altitude segue-se uma área acidentada que tem no Pico Alto, com 590 m., a maior altitude. Está situada a 28º 08’ de longitude oeste e a 37º 43’ de latitude norte.    

 

GASTRONOMIA

Mariscos
Caldeirada de peixe
Caldo de nabos
Biscoitos de aguardente
Biscoitos de orelha
Licores de frutos    

 

FESTIVIDADES

FESTA DO ESPÍRITO SANTO

São festas comuns a todas as ilhas, embora divergindo em alguns pormenores de ilha para ilha e até dentro da própria ilha. Á volta de cada ilha todas as freguesias têm uma capela, chamada "Império", com a respectiva irmandade. São consideradas as festas religiosas mais características de toda a etnologia insular.

Localização: Todo o arquipélago
Data: De Maio a Setembro, com especial ênfase no 7º domingo depois da Páscoa
Entidade responsável: Irmandades dos Espírito Santo

FESTA DAS VINDIMAS

Acontecimento relacionado com a apanha da uva, com vista à produção de vinho.

Localização: Ilha de Santa Maria
Data: Setembro
Entidade responsável: Comissões de festas

FESTIVAL MARÉ DE AGOSTO 

É um festival que engloba as várias vertentes musicais, desde o Jazz, ao Rock até à música tradicional portuguesa. Conta com participação de artistas de vários países.

Localização: Concelho de Vila do Porto, Ilha de Santa Maria
Datas: 22 a 25 de Agosto
Entidade responsável: Associação Cultural Maré de Agosto

 

LOCAIS A VISITAR

LUGAR DOS ANJOS
Local onde desembarcaram pela primeira vez os homens de Cristóvão Colombo. Para além da ermida que recorda estes tempos, existe também uma zona de lazer com piscina natural.

BAÍAS DA PRAIA, DE S. LOURENÇO, DOS ANJOS E DA MAIA
São de relevante interesse os areais brancos, que compõem cada uma das baías referidas. A baía de S. Lourenço caracteriza-se ainda pelo seu formato de concha gigantesca, composta por degraus cobertos de vinhedos com o mar em fundo.

Empreendimentos
&
Atividades

Conheça a lista de empreendimentos e atividades disponíveis para consulta

Selecione a(s) atividade(s)

Ver listagem

Legenda de Atividades
T01 PASSEIOS EM VEÍCULOS TODO O TERRENO E OUTROS VEÍCULOS AUTOMÓVEIS
T02 PASSEIOS EM BTT MOTO 4 E OUTROS
T03 PASSEIOS EM SEGWAY, SCOOTERS
T04 KARTING
T05 TERMAS, SPA
T06 GOLFE
T07 PARQUES TEMÁTICOS
T08 CENTROS EQUESTRES E HIPÓDROMOS
T09 PASSEIOS A CAVALO OU EM BURRO, PASSEIOS EM CHARRETTE
T10 PASSEIOS EM PERCURSOS PEDESTRES E INTERPRETATIVOS, OBSERVAÇÃO DE FAUNA E FLORA
T11 ESPELEOLOGIA, ALPINISMO, MONTANHISMO
T12 RAPPEL, SLIDE, BUGGY JUMP, CANYONING
T13 PASSEIOS EM AERONAVES (ATÉ 6 PESSOAS)
T14 BALONISMO, PARAPENTE, ASA DELTA
T15 ANIMAÇÃO AMBIENTAL “TURISMO DE NATUREZA”
T16 INSTALAÇÕES PARA CONGRESSOS, SEMINÁRIOS, COLÓQUIOS E CONFERÊNCIAS
T17 ORGANIZAÇÃO DE VISITAS A MUSEUS, MONUMENTOS HISTÓRICOS E OUTROS LOCAIS DE RELEVANTE INTERESSE TURÍSTICO
T18 ORGANIZAÇÃO DE CONGRESSOS E EVENTOS DE VÁRIA NATUREZA
T19 ATIVIDADES DE GINÁSIO
T20 OUTRAS ATIVIDADES DE ANIMAÇÃO TURÍSTICA
M01 ALUGUER DE EMBARCAÇÕES A MOTOR COM/SEM TRIPULAÇÃO
M02 ALUGUER DE EMBARCAÇÕES À VELA COM/SEM TRIPULAÇÃO
M03 PASSEIOS TURÍSTICOS (VELA/MOTOR), TAXI MARÍTIMO
M04 CANOAGEM, WINDSURF, ALUGUER DE PEQUENAS EMBARCAÇÕES
M05 MERGULHO, ESCAFANDRISMO
M06 CENTRO DE MERGULHO
M07 ESCOLA DE MERGULHO
M08 ESTAÇÃO DE ENCHIMENTO
M09 ALUGUER DE EQUIPAMENTO DE MERGULHO
M10 PESCA TURÍSTICA E DESPORTIVA
M11 OBSERVAÇÃO DE CETÁCEOS
M12 ATIVIDADES EM MARINAS, PORTOS DE RECREIO
M13 PESCA-TURISMO