principal
Presidente
Governo Regional
Espaço Cidadão
Espaço Empresas
Sobre os Açores
  notícias Legislação Agenda fotos Contactos Mapa do Portal Ajuda
English VersionCHANGE LANGUAGE
Ver Em: entidades  temas
 

Presidência do Governo
Vice-Presidência do Governo, Emprego e Competitividade Empresarial
Secretaria Regional da Solidariedade Social
Secretaria Regional da Educação e Cultura
Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia
Secretaria Regional dos Transportes e Obras Públicas
Secretaria Regional da Saúde
Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo
Secretaria Regional da Agricultura e Florestas

 
Comunicação Social
      

Receba as notícias do Governo dos Açores por RSS - clique aqui 

Velas , 13 de Fevereiro de 2020

João Ponte destaca desenvolvimento positivo da agricultura e defende melhor valorização das produções para aumentar rendimento dos produtores

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas destacou hoje, em São Jorge, que, apesar do inegável desenvolvimento positivo do setor agrícola nos Açores nos últimos anos, é fundamental continuar a trabalhar ao nível da valorização das produções, de forma articulada com todo o setor, para assegurar melhores rendimentos aos produtores.

 

“Este é um encontro marcado pela confiança no futuro do setor e, apesar do trabalho positivo e de desenvolvimento que já foi feito, é ainda preciso continuar a trabalhar para melhorar a valorização das produções agrícolas, que é o grande desafio do setor”, afirmou João Ponte, que falava, nas Velas, à margem da reunião do Conselho Regional da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural.

 

O governante destacou que para se conseguir valorizar melhor, por exemplo, os produtos lácteos é necessário reforçar a aposta na inovação, mas também na notoriedade, um trabalho que está já a ser feito, apontando a campanha em curso no mercado do Canadá do queijo dos Açores, através do Centro Açoriano de Leite e Lacticínios (CALL), bem como uma campanha que o Governo Regional vai promover este ano no mercado nacional para aumentar a notoriedade das produções lácteas açorianas junto dos consumidores.

 

Por outro lado, João Ponte considerou ser muito importa que as indústrias continuem a inovar e a apostar em novos produtos, capazes de gerar mais valor, sendo que, para isso, o Plano Estratégico para os Lacticínios dos Açores será “um instrumento fundamental para ajudar a indústria a valorizar melhor as suas produções e, por esta via, conseguir redistribuir mais rendimento pelos produtores, assegurando, assim, a sustentabilidade ao setor leiteiro”.

 

Aos conselheiros, o Secretário Regional salientou que o Executivo está a desenvolver e a implementar medidas concretas, como a reestruturação do setor do leite, através da reforma antecipada dos agricultores mais idosos, o programa Jovens Agricultores, que visa atrair mais jovens para o setor, ou ainda os novos programas PROAGRI e I9AGRI, vocacionados para investimentos na inovação e para melhorar a eficiência das explorações agrícolas.

 

João Ponte referiu que, ao nível das infraestruturas agrícolas, foram investidos mais 14 milhões de euros em caminhos, abastecimento de água e eletrificação das explorações na atual legislatura, em comparação com a anterior, o que “é muito importante para a melhoria das condições trabalho dos agricultores, para a redução de custos de produção e a melhoria da competitividade das explorações”.

 

Relativamente à Política Agrícola Comum (PAC) para o período 2020 – 2021, o governante afirmou que tanto o Governo Regional, como as organizações de produtores e a Federação Agrícola dos Açores, estão empenhados e a trabalhar para garantir uma boa proposta, que seja capaz de continuar a ajudar o setor agrícola a crescer e a melhorar o rendimento dos agricultores.

 

“Neste Conselho Regional existe unanimidade quanto à necessidade de uma futura PAC, que, no caso do programa POSEI, garanta aos agricultores dos Açores o mesmo nível de dotação das ajudas que serão atribuídas aos agricultores do continente e, no caso do Programa de Desenvolvimento Rural, seja possível reduzir o corte proposto pela Comissão Europeia, porque são verbas fundamentais para continuar o desenvolvimento do setor”, afirmou João Ponte.

 

Para o governante, o facto de ter já uma taxa de compromisso de 90% e uma taxa de execução 67% no PRORURAL+ são sinais importantes de confiança no futuro, sendo que a abertura dos novos avisos constituem mais oportunidades para continuar a modernizar o setor e a atrair mais jovens, algo essencial para garantir a sustentabilidade da agricultura na Região.

GaCS/RM
 
Anexos:  
2020.02.13-SRAF-ReuniãoConselhoRAFDR(1).mp3 2020.02.13-SRAF-ReuniãoConselhoRAFDR(2).mp3   20.7583.JPG 20.7584.JPG
 
     
   Folha de Impressão   Enviar Enviar Notícia   GaCS Site do GaCS   Órgãos de Comunicação Social Órgãos de Comunicação Social   rss  
     

Últimas Notícias

Agenda do Governo Regional dos Açores para 30 e 31 de maio

POSEI tem potenciado o crescimento do setor agrícola nos Açores, afirma João Ponte

Declaração do Governo dos Açores sobre as medidas de desconfinamento a implementar no mês de junho na Região Autónoma dos Açores

Prioridade do Governo dos Açores é receber os turistas em segurança, afirma Marta Guerreiro

Comunicado da Autoridade de Saúde Regional



<< voltar

Pesquisa
 
Onde?
Pesquisa Avançada >>
 



Medidas de Flexibilização de restrições na Região Autónoma dos Açores
Flexibilização
Flexibilização
Flexibilização
Flexibilização

 





 

 
Jornal Oficial
Programa de Governo
Açores 2020
 PROMEDIA 2020
 O Governo dos Açores mais perto de si - clique para enviar e-mail
Roteiro AP
 Linha Verde Apoio ao Cidadão
 
Provedor do Utente da Saúde
 
  
Ouvir Esta Página OUVIR
Ir para o topo desta página TOPO
ajuda AJUDA
English VersionCHANGE LANGUAGE

 
Símbolo de Acessibilidade à Web
principal | Presidente | Governo Regional | Espaço Cidadão | Espaço Empresas | Sobre os Açores | O Meu Portal