principal
Presidente
Governo Regional
Espaço Cidadão
Espaço Empresas
Sobre os Açores
  notícias Legislação Agenda fotos Contactos Mapa do Portal Ajuda
English VersionCHANGE LANGUAGE
Ver Em: entidades  temas
 

Presidência do Governo
Vice-Presidência do Governo, Emprego e Competitividade Empresarial
Secretaria Regional da Solidariedade Social
Secretaria Regional da Educação e Cultura
Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia
Secretaria Regional dos Transportes e Obras Públicas
Secretaria Regional da Saúde
Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo
Secretaria Regional da Agricultura e Florestas

 
Comunicação Social
      

Receba as notícias do Governo dos Açores por RSS - clique aqui 

Horta , 8 de Novembro de 2018

Rui Bettencourt destaca preparação, em 2019, do quadro comunitário como ‘estratégico’ para os Açores da próxima década

O Secretário Regional Adjunto da Presidência para as Relações Externas destacou hoje, na Horta, o acompanhamento da preparação do Quadro Financeiro Plurianual 2021-2027 como um dos principais "investimentos estratégicos para o futuro dos Açores".

 

“Nós temos tido um acompanhamento muito importante a preparar este Quadro, que é fulcral para a economia dos Açores durante a próxima década”, afirmou Rui Bettencourt, em declarações aos jornalistas na Assembleia Legislativa, no final de uma audição sobre as propostas de Plano e Orçamento para 2019, sublinhando a importância de “uma aliança entre deputados e Governo Regional” para que esse Quadro Financeiro seja bem defendido no Parlamento Europeu.

 

O governante manifestou a sua preocupação pelo facto de o Parlamento Europeu terminar as suas funções em maio e realçou que tudo será feito para que a aprovação deste Quadro Financeiro aconteça ainda neste mandato do Parlamento, para evitar que o processo recomece de novo, o que atrasaria bastante o próximo Quadro Financeiro, que deve iniciar a 1 de janeiro de 2021.

 

Para o titular da pasta das Relações Externas, interessa “afirmar” a estratégia do Governo dos Açores e o que os Açorianos querem para o desenvolvimento da Região.

 

Rui Bettencourt realçou, nesse âmbito, o "intenso" trabalho de influência para que a Comissão altere a sua posição nas taxas de cofinanciamento, repondo a taxa de 85% em vigor atualmente e abandonando a taxa de 70% que se encontra na proposta da Comissão Europeia para o próximo Quadro Financeiro, o que obrigaria a uma duplicação do esforço próprio da Região no financiamento de projetos comunitários.

 

“Nestas negociações para o Quadro Financeiro temos uma postura de ambivalência. Somos frágeis, mas também trazemos um grande potencial à União Europeia e isto tem sido repetido e a União Europeia tem percebido e integrado algumas das nossas observações”, frisou o Secretário Regional.

 

Nesse sentido, o Secretário Regional destacou a “posição particular” dos Açores enquanto Região Ultraperiférica, salientando que o Governo tem insistido com a Comissão Europeia por entender que “a União Europeia tem uma projeção oceânica e mundial devido às Regiões Ultraperiféricas”, que, no caso dos Açores, representa 18% do mar da Europa.

 

“Nós, como Região Ultraperiférica, temos fragilidades, evidentemente, somos distantes e temos uma economia pequena, mas temos potencialidades”, afirmou.

 

Rui Bettencourt adiantou ainda que tem sido desenvolvida uma intensa ação de sensibilização junto de vários deputados europeus “para que defendam a posição açoriana”, considerando fundamental convencer-se os deputados europeus a votarem na posição dos Açores e das Regiões Ultraperiféricas.

 

O Secretário Regional destacou também a Macaronésia, que considerou ser “um território importantíssimo” em termos comerciais, económicos e políticos, daí que em 2019 terão “uma ação bastante intensa”, salientando o facto de os Açores terem atualmente a presidência da Conferência dos Governos da Macaronésia e adiantando a realização dos Jogos da Macaronésia, que juntarão nos Açores jovens dos quatro arquipélagos.

 

Por outro lado, também destacou a diáspora, com quem o Governo Regional tem tido “uma ação muito importante de sensibilização de todos os Açorianos no mundo para o projeto açoriano”, salientando igualmente a realização de vários cursos para jovens da diáspora nos Açores, além do apoio a instituições e organizações não governamentais, de caráter social ou cultural, que apoiam Açorianos espalhados pelo mundo.

GaCS/SN
 
Anexos:  
2018.11.08-SRAPRE-AudiçõesPO2019(1).mp3 2018.11.08-SRAPRE-AudiçõesPO2019(2).mp3 2018.11.08-SRAPRE-AudiçõesPO2019(3).mp3   18.3867.jpg
 
     
   Folha de Impressão   Enviar Enviar Notícia   GaCS Site do GaCS   Órgãos de Comunicação Social Órgãos de Comunicação Social   rss  
     

Últimas Notícias

Agenda do Governo Regional dos Açores para 18 de novembro

Bons resultados no turismo exigem planeamento contínuo, afirma Diretora Regional

Agenda do Governo Regional dos Açores para 18 e 19 de novembro

Semana dos Resíduos com 169 ações de sensibilização em todas as ilhas dos Açores

Apoios ao empreendedorismo, tecnologia e inovação alavancam economia açoriana, afirma Diretor Regional



<< voltar

Pesquisa
 
Onde?
Pesquisa Avançada >>
 


 



Casa da Autonomia
Jornal Oficial
Programa de Governo
Açores 2020
 PROMEDIA 2020
 O Governo dos Açores mais perto de si - clique para enviar e-mail
Roteiro AP
 Linha Verde Apoio ao Cidadão
 
Rede Prestige Azores
 Provedor do Utente da Saúde
  
Ouvir Esta Página OUVIR
Ir para o topo desta página TOPO
ajuda AJUDA
English VersionCHANGE LANGUAGE

 
Símbolo de Acessibilidade à Web
principal | Presidente | Governo Regional | Espaço Cidadão | Espaço Empresas | Sobre os Açores | O Meu Portal