principal
Presidente
Governo Regional
Espaço Cidadão
Espaço Empresas
Sobre os Açores
  notícias Legislação Agenda fotos Contactos Mapa do Portal Ajuda
English VersionCHANGE LANGUAGE
Ver Em: entidades  temas
 

Presidência do Governo
Vice-Presidência do Governo, Emprego e Competitividade Empresarial
Secretaria Regional da Solidariedade Social
Secretaria Regional da Educação e Cultura
Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia
Secretaria Regional dos Transportes e Obras Públicas
Secretaria Regional da Saúde
Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo
Secretaria Regional da Agricultura e Florestas

 
Comunicação Social
      

Receba as notícias do Governo dos Açores por RSS - clique aqui 

Santa Cruz da Graciosa , 20 de Fevereiro de 2020

Obra de proteção da Barra, na Graciosa, deverá ficar concluída em setembro, afirma Gui Menezes

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia afirmou hoje que “a maior obra de proteção da orla costeira que está a decorrer, neste momento, nos Açores” é a empreitada da Barra, na ilha Graciosa, num investimento de 7,5 milhões de euros, adiantando que a sua conclusão “está prevista para setembro”,.

 

Gui Menezes salientou, no entanto, que “é necessário que os mergulhadores abram uma vala subaquática para a colocação de ‘accropodes’”, estruturas de proteção de betão, acrescentando que, “nesta altura do ano, a execução destes trabalhos é muito difícil devido à força do mar”.

 

O Secretário Regional falava aos jornalistas à margem de uma visita à obra de proteção da muralha da Vila da Praia da Graciosa, onde acompanhou o Presidente do Governo, Vasco Cordeiro.

 

Segundo o Secretário Regional, a obra de proteção da Muralha da Praia era “há muito ansiada pelos moradores” daquela zona e era “uma obra necessária”.

 

Gui Menezes referiu que esta estrutura “estava com fragilidades na sua base, tendo-se optado por duas soluções”.

 

Do lado sul, foi colocada uma estrutura de betão aderente à muralha, enquanto do lado norte se optou por um enrocamento, tendo também sido construído um passadiço, numa extensão de quase 200 metros.

 

O principal objetivo da empreitada, concluída em agosto do ano passado, num investimento de mais de 170 mil euros, era travar a degradação da estrutura da muralha causada pelo mar.

 

Segundo Gui Menezes, a empreitada contribuiu para “a preservação da parte antiga” da muralha, dado que, “com alguma frequência, era necessário fazer enchimentos com algumas locas, que iam fragilizando a estrutura”.

 

A construção do passadiço na zona do enrocamento pretendeu também valorizar a Praia enquanto zona de lazer, requalificando a frente mar da freguesia de São Mateus.

 

Gui Menezes adiantou que o Executivo açoriano prevê arrancar este ano com a obra de proteção costeira da zona dos Fenais, também em São Mateus, local que visitou quarta-feira, no âmbito da visita estatutária do Governo à Graciosa.

 

Está também previsto o arranque, ainda este ano, de outras obras de proteção e requalificação costeira em São Jorge, nomeadamente a proteção costeira da Fajã de São João, tendo o prazo para entrega de propostas por parte das empresas terminado na semana passada, bem como a obra de proteção costeira da zona adjacente ao campo de jogos e à Fábrica Santa Catarina.

 

Gui Menezes referiu ainda que, na sequência do furacão Lorenzo, “surgiram outros problemas de erosão na orla costeira em várias ilhas”, como é o caso das ilhas do Faial, São Jorge e Terceira.

 

“Estão a ser feitas avaliações [aos locais] e já começaram a ser elaborados projetos no sentido de resolvermos essas situações mais emergentes”, frisou, acrescentando que “a prioridade” neste tipo de intervenções é “proteger as pessoas e bens”.

 

Questionado pelos jornalistas, o Secretário Regional adiantou que, no caso do Faial, foram assinalados vários locais que “serão alvo de intervenções”, nomeadamente na Feteira, no Pasteleiro, em Porto Pim, no Varadouro e em Castelo Branco.

 

Segundo Gui Menezes, os locais foram avaliados por técnicos do Laboratório Regional de Engenharia Civil, sendo que estão a ser elaborados os projetos para as intervenções.

 

“São vários os locais que sofreram bastante" com a passagem do furacão Lorenzo e algumas intervenções são de "alguma complexidade", devido aos difíceis acessos”, referiu o governante, acrescentando que “logo que tivermos os projetos concluídos, arrancaremos para a sua execução”.

GaCS/GM
 
Anexos:  
2020.02.20-SRMCT-ObraMuralhaPraiaGraciosa(1).mp3 2020.02.20-SRMCT-ObrasProtecaoCosteiraGraciosa(2).mp3 2020.02.20-SRMCT-PontoSituacaoObraBarra(3).mp3   20.7663.jpg 20.7664.jpg  20.7665.jpg 20.7666.jpg
 
     
   Folha de Impressão   Enviar Enviar Notícia   GaCS Site do GaCS   Órgãos de Comunicação Social Órgãos de Comunicação Social   rss  
     

Últimas Notícias

Comunicado da Autoridade de Saúde Regional

Proteção Civil alerta para previsão de chuva forte no Grupo Oriental

Agenda do Governo Regional dos Açores para 5 e 6 de abril

Governo dos Açores assegura material de proteção a elementos das cercas sanitárias e a IPSS

Comunicado da Autoridade de Saúde Regional



<< voltar

Pesquisa
 
Onde?
Pesquisa Avançada >>
 


 

 




 
 

 

 




 
Jornal Oficial
Programa de Governo
Açores 2020
 PROMEDIA 2020
 O Governo dos Açores mais perto de si - clique para enviar e-mail
Roteiro AP
 Linha Verde Apoio ao Cidadão
 
Provedor do Utente da Saúde
 
  
Ouvir Esta Página OUVIR
Ir para o topo desta página TOPO
ajuda AJUDA
English VersionCHANGE LANGUAGE

 
Símbolo de Acessibilidade à Web
principal | Presidente | Governo Regional | Espaço Cidadão | Espaço Empresas | Sobre os Açores | O Meu Portal