principal
Presidente
Governo Regional
Espaço Cidadão
Espaço Empresas
Sobre os Açores
  notícias Legislação Agenda fotos Contactos Mapa do Portal Ajuda
English VersionCHANGE LANGUAGE
Ver Em: entidades  temas
 

Presidência do Governo
Vice-Presidência do Governo, Emprego e Competitividade Empresarial
Secretaria Regional da Solidariedade Social
Secretaria Regional da Educação e Cultura
Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia
Secretaria Regional dos Transportes e Obras Públicas
Secretaria Regional da Saúde
Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo
Secretaria Regional da Agricultura e Florestas

 
Comunicação Social
      

Receba as notícias do Governo dos Açores por RSS - clique aqui 

Ponta Delgada , 23 de Maio de 2019

Gui Menezes defende que os Açores devem ser exemplo na conservação da biodiversidade

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia afirmou hoje, em Ponta Delgada, que se vive atualmente uma "época crítica" em que a perda de biodiversidade a nível global atingiu "valores sem precedentes", devido, na sua maioria, à ação direta do homem, frisando que "as alterações climáticas constituem uma das maiores ameaças à diversidade biológica”.

 

Neste sentido, Gui Menezes defendeu que “é urgente inverter esta tendência”, acrescentando que o Governo Regional pretende que “os Açores sejam um exemplo no que toca à conservação da biodiversidade”.

 

O Secretário Regional, que falava na sessão de abertura do 'Spring Seminar 2019 - Bio Isle', um encontro sobre biodiversidade organizado pelo CIBIO-Açores, frisou que a Região reúne “uma diversidade e variabilidade de espécies e ecossistemas que fazem do arquipélago um sítio especial no que respeita à biodiversidade, tanto terrestre como marinha”.

 

“Reconhecemos que a biodiversidade representa um ativo incomensurável para a manutenção da vida no planeta”, afirmou, referindo as áreas classificadas e reconhecidas internacionalmente “por razões ambientais e científicas”, como é o caso da Rede Natura 2000, as Áreas RAMSAR e as Áreas Marinhas Protegidas, ao abrigo da Convenção OSPAR, entre outras de âmbito nacional e internacional, que “contribuem para a manutenção da biodiversidade” nos Açores.

 

Gui Menezes referiu que as ilhas da Graciosa, Flores e Corvo, assim como as fajãs de São Jorge, estão classificadas pela UNESCO como Reserva da Biosfera, defendendo que este reconhecimento representa “uma importância económica potencial” para aquelas ilhas e “oportunidades que devem ser aproveitadas”.

 

“Na base destas classificações estão não só a paisagem e as formas de vida, mas também a biodiversidade”, afirmou, acrescentando que aqueles galardões são possíveis porque, nos Açores, existem equipas “com bases científicas sólidas que permitem aos decisores políticos tomar medidas com base no conhecimento que contribuem para atingir esses objetivos”.

 

O Secretário Regional, citando Miguel Bastos Araújo, cientista que se debruça sobre questões relacionadas com a biodiversidade e as alterações climáticas, a quem foi atribuído o Prémio Pessoa 2018, referiu que “nem sempre é fácil” que exista “coerência entre as políticas setoriais” dos governos, mas garantiu que o Executivo açoriano tem trabalhado nesse sentido.

 

“Num mundo em permanente mudança, tanto em terra como nos oceanos, conhecer os efeitos das alterações climáticas na biodiversidade é fundamental para os decisores políticos”, afirmou, assegurando que o Governo dos Açores está “verdadeiramente empenhado para tentar fazer a diferença” e lembrou uma série de iniciativas que “têm a manutenção da biodiversidade das ilhas como foco central, tanto em terra como no mar”.

 

Gui Menezes referiu vários projetos que estão ou estiveram a decorrer nos Açores na esfera da biodiversidade, que representam um valor de investimento global de cerca de três milhões de euros, repartidos por várias entidades, mas, em especial, pela Universidade dos Açores e pelo Fundo Regional de Ciência e Tecnologia (FRCT).

 

O projeto MOVE, integrado na ação 5 da Estratégia de Biodiversidade da União Europeia, coordenado pelo FRCT, e com a coordenação científica da Universidade dos Açores, os projetos MISTIC SEAS e BEST III foram alguns dos projetos apontados.

 

O governante destacou ainda o LIFE Natura, “o maior projeto de conservação alguma vez concebido para os Açores", com um investimento de 19,1 milhões de euros ao longo dos próximos nove anos, destinados às componentes marinha e terrestre, considerando-o de "grande importância para as políticas públicas de conservação da natureza nos Açores”.

 

O Secretário Regional referiu ainda o programa Blue Azores, que envolve o Governo dos Açores, a Fundação Oceano Azul e a Fundação Waitt, que tem como um dos objetivos criar uma área marinha protegida que abrange 15% do mar dos Açores.

 

Na sua intervenção, referiu a criação de vários mecanismos de financiamento por parte do Executivo açoriano para projetos de investigação e para a internacionalização do Sistema Científico e Tecnológicos dos Açores, por exemplo, na realização de reuniões científicas.

 

“Temos trabalhado para manter a regularidade e a previsibilidade no financiamento de projetos, de bolsas de doutoramento e pós-doutoramento e de outras atividades ligadas à ciência”, afirmou, acrescentando que “para fazer ciência é preciso recursos humanos qualificados”.

 

“Neste domínio, temos tido a preocupação de salvaguardar a contratação de cientistas através de todos os projetos de investigação financiados no âmbito do PO Açores 2020, bem como através de medidas específicas para tentar fixar cada vez mais investigadores na Região”, salientou Gui Menezes, apontando o concurso público “que será lançado em breve, num investimento de cerca de dois milhões de euros, a que a Universidade dos Açores se poderá candidatar para a contratação de cerca de uma dezena de investigadores ligados à investigação marinha” para o Centro Okeanos, na ilha do Faial.

 

O Secretário Regional destacou ainda o programa DOC-PROF, anunciado na semana passada pelo Presidente do Governo, que pretende que os recém-doutorados da Região possam ter uma primeira experiência em contexto real de trabalho, em empresas e em centros de investigação.

 

Para além das medidas dirigidas à comunidade científica, Gui Menezes referiu ainda algumas medidas relacionadas com a divulgação científica e com o aumento da cultura científica nos Açores, com o objetivo de envolver a sociedade em geral e, sobretudo, os mais jovens.

 

Neste âmbito, destacou o trabalho realizado pelos seis Centros de Ciência dos Açores, frisando que as suas ações junto do público mais jovem se centram em “questões ligadas à biodiversidade e à conservação da natureza”.

 

“Uma sociedade informada é uma sociedade consciente da importância que representa a proteção do ambiente”, afirmou, acrescentando que, se os poderes públicos têm grande responsabilidade nessa tarefa, também “cabe a todos os cidadãos preservar a biodiversidade, os habitats e respeitar as leis da Natureza para conseguirmos valorizar os serviços que os ecossistemas nos fornecem”.

 

“A biodiversidade e a gestão dos nossos recursos de forma sustentável são objetivos cimeiros da atuação política deste Governo”, frisou o Secretário Regional.

GaCS/GM
 
Anexos:  
2019.05.23-SRMCT-CiênciaGovernaçãoBiodiversidade.mp3 2019.05.23-SRMCT-ProjetosInvestigaçãoBiodiversidade.mp3 2019.05.23-SRMCT-LIFE_NATURA.mp3 2019.05.23-SRMCT-PreservaçãoNatureza.mp3   19.5402.jpg 19.5403.jpg
 
     
   Folha de Impressão   Enviar Enviar Notícia   GaCS Site do GaCS   Órgãos de Comunicação Social Órgãos de Comunicação Social   rss  
     

Últimas Notícias

Novo navio ‘Mestre Jaime Feijó’ já vem a caminho dos Açores, revela Ana Cunha

Agenda do Governo Regional dos Açores para 21 e 22 de julho

Agenda do Governo Regional dos Açores para 20 de julho

Agenda do Governo Regional dos Açores para 20 e 21 de julho

Agenda do Governo Regional dos Açores para 19 e 20 de julho



<< voltar

Pesquisa
 
Onde?
Pesquisa Avançada >>
 
 

 

  



Casa da Autonomia
Jornal Oficial
Programa de Governo
Açores 2020
 PROMEDIA 2020
 O Governo dos Açores mais perto de si - clique para enviar e-mail
Roteiro AP
 Linha Verde Apoio ao Cidadão
 
Rede Prestige Azores
 Provedor do Utente da Saúde
  
Ouvir Esta Página OUVIR
Ir para o topo desta página TOPO
ajuda AJUDA
English VersionCHANGE LANGUAGE

 
Símbolo de Acessibilidade à Web
principal | Presidente | Governo Regional | Espaço Cidadão | Espaço Empresas | Sobre os Açores | O Meu Portal