principal
Presidente
Governo Regional
Espaço Cidadão
Espaço Empresas
Sobre os Açores
  notícias Legislação Agenda fotos Contactos Mapa do Portal Ajuda
English VersionCHANGE LANGUAGE
Ver Em: entidades  temas
 

Presidência do Governo
Vice-Presidência do Governo, Emprego e Competitividade Empresarial
Secretaria Regional da Solidariedade Social
Secretaria Regional da Educação e Cultura
Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia
Secretaria Regional dos Transportes e Obras Públicas
Secretaria Regional da Saúde
Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo
Secretaria Regional da Agricultura e Florestas

 
Comunicação Social
      

Receba as notícias do Governo dos Açores por RSS - clique aqui 

 

Angra do Heroísmo , 8 de Agosto de 2017

Governo dos Açores avança com classificação do Muro das Nove Janelas, em S. Miguel

O processo da eventual classificação de interesse público do Muro das Nove Janelas, na freguesia de Santo António, concelho de Ponta Delgada, entrou hoje na fase de audiência escrita por parte dos interessados.

 

O prazo desta fase de audiência escrita é de 15 dias, de acordo com o anúncio publicado em Jornal Oficial, assinado pelo Secretário Regional da Educação e Cultura, Avelino Meneses, e com os editais afixados na Câmara Municipal de Ponta Delgada e na Junta de Freguesia de Santo António.

 

Nesta fase, os interessados são convidados a participar, levantando ou acautelando questões com interesse para a tomada de decisão antes desta ser tomada, nas matérias de facto e de direito.

 

O Muro das Nove Janelas, assim conhecido em virtude dos seus nove arcos, cinco superiores e quatro inferiores, é considerado o maior e mais emblemático troço dos aquedutos da ilha de São Miguel.

 

Apesar do nome, existe ainda mais um arco, na base, que serve de passagem à água do vale.

 

Estes arcos, além da sua função de elevação, permitem a circulação do vento sem nenhum impedimento, condição essencial por se situarem em zonas de grande altitude e ventosas.

 

O traçado do Muro das Nove Janelas apresenta-se sobre a forma de 21 arcos de volta perfeita e contrafortes nos dois lados, um modo eficaz de garantir maior sustentabilidade à estrutura e, na parte superior, uma calha ou conduta de pedra, por onde a água circula, com uma extensão aproximada de 250 metros.

 

Este aqueduto, desativado por volta de 1888, foi mandado construir pela Câmara Municipal de Ponta Delgada e destinava-se ao transporte das águas provenientes da Lagoa do Canário e das Lagoas Empadadas para a cidade de Ponta Delgada, numa extensão de mais de uma dezena de quilómetros.


GaCS/SREC
 
 
 
  Imagens Adicionais:
  17.1292.jpg
   
   Folha de Impressão   Enviar Enviar Notícia   GaCS Site do GaCS   Órgãos de Comunicação Social Órgãos de Comunicação Social   rss  
     

Últimas Notícias

Agenda do Governo Regional dos Açores para 18 e 19 de agosto

João Carlos Sousa assume as funções de Diretor Clínico do Centro de Saúde de Ponta Delgada

Novos investimentos revelam confiança na atividade económica, que cresceu 2,3%

Obras no caminho agrícola dos Matos de São João, no Pico, começam na próxima semana

Agenda do Governo Regional dos Açores para 17 de agosto

Pesquisa
 
Onde?
Pesquisa Avançada >>
 
 
Clique aqui
Clique aqui
Clique aqui
Clique aqui
Clique aqui
Clique aqui
Clique aqui
 
 O Governo dos Açores mais perto de si - clique para enviar e-mail
 
 Linha Verde do Governo dos Açores - Ligue 800 207 255
Rede Prestige Azores
 
 
  
Ouvir Esta Página OUVIR
Ir para o topo desta página TOPO
ajuda AJUDA
English VersionCHANGE LANGUAGE

 
Símbolo de Acessibilidade à Web
principal | Presidente | Governo Regional | Espaço Cidadão | Espaço Empresas | Sobre os Açores | O Meu Portal