principal
Presidente
Governo Regional
Espaço Cidadão
Espaço Empresas
Sobre os Açores
  notícias Legislação Agenda fotos Contactos Mapa do Portal Ajuda
English VersionCHANGE LANGUAGE
Ver Em: entidades  temas
 

Presidência do Governo
Vice-Presidência do Governo, Emprego e Competitividade Empresarial
Secretaria Regional da Solidariedade Social
Secretaria Regional da Educação e Cultura
Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia
Secretaria Regional dos Transportes e Obras Públicas
Secretaria Regional da Saúde
Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo
Secretaria Regional da Agricultura e Florestas

 
Comunicação Social
      

Receba as notícias do Governo dos Açores por RSS - clique aqui 

 

Santa Cruz das Flores , 6 de Abril de 2018

Diretor Regional do Turismo destaca importância do 1.º Encontro de Turismo Flores e Corvo na reflexão sobre o futuro do setor nestas ilhas

O Diretor Regional do Turismo destacou hoje a importância da realização do 1.º Encontro de Turismo Flores e Corvo, frisando que se trata de um evento que “pretende ser um momento de reflexão, discussão e esclarecimento da importância do setor para o desenvolvimento destas ilhas, ao mesmo tempo que perspetiva, com base nas políticas estratégicas públicas e o interesse dos agentes privados, o papel que o setor poderá representar no futuro”.

 

Filipe Macedo, que falava, em Santa Cruz das Flores, na sessão de abertura do encontro, frisou que as ilhas do Grupo Ocidental “têm vindo a conquistar espaço no turismo regional pela sua oferta e pelo seu caráter diferenciador, enquanto Reservas da Biosfera”.

 

“São das ilhas que mais contribuem para a valorização dos Açores como destino de turismo de natureza ativa, com especial apetência para atividades em contacto com a Natureza, tais como o canyoning, o birdwatching, os passeios a pé ou o geoturismo, entre outros, como confirma o Plano Estratégico e de Marketing do Turismo dos Açores”, acrescentou.

 

Segundo o Diretor Regional, “o Grupo Ocidental do arquipélago tem acompanhado a tendência de crescimento, sendo, na atualidade, ilhas cada vez mais orientadas para o turismo", salientando que existem atualmente seis empresas de animação turística nas Flores e quatro no Corvo e que a ilha das Flores disponibiliza 571 camas, enquanto o Corvo dispõe de 69 camas.

 

Estes dados, segundo Filipe Macedo, "representam aumentos de 30% e de 77%, entre 2014 e 2017, no que diz respeito à capacidade de alojamento”.

 

Na sua intervenção, referiu ainda que se registaram 20.600 dormidas nas Flores em 2014, enquanto no ano passado ascenderam a 41.400, o que representa um crescimento de 101%.

 

Na ilha do Corvo, registaram-se 624 hóspedes em 2014 e, no ano passado, foram 1.202, um crescimento de 93% “que reflete a realidade atual, impondo-se uma maior reflexão sobre o futuro e sobre as melhores formas de atuar, em função dos princípios que garantem a sustentabilidade”, afirmou Filipe Macedo.

 

O Diretor Regional deixou ainda uma palavra de apreço à recém-formada Associação do Alojamento Local dos Açores, manifestando a convicção de que, “no âmbito das competências de cada entidade, o conhecimento e o trabalho conjunto futuro permitirá uma relação de confiança” que faça convergir esforços comuns.

 

Filipe Macedo fez também uma referência à Inspeção Regional de Turismo, que viu aumentar o seu quadro de cinco para nove inspetores, pela “atenção que tem dispensado à atividade do Alojamento Local, para a qual tem vindo a dedicar grande parte dos seus recursos, nomeadamente à pesquisa, deteção e identificação de alojamento ilegal”, onde a informação encontrada nas plataformas de comercialização se revela extremamente útil.

 

O Diretor Regional reconheceu que ainda há trabalho para fazer nestas matérias e que é absolutamente necessário um acompanhamento muito atento, sendo que a perceção do Executivo é que a oferta não registada se encontra bastante aquém dos números avançados recentemente pela Associação de Alojamento Local.

 

“Fruto do trabalho que tem sido desenvolvido, grande parte dos alojamentos licenciados mais recentes, cujo número têm aumentado significativamente, provém de ações de deteção de alojamento ilegal, promovidas por esta Inspeção”, salientou o Diretor Regional, acrescentando que “através desta identificação, muitos dos que se encontravam ilegais estão já regularizados ou em fase de licenciamento e estão a ser desenvolvidas ações tendo em vista detetar eventuais novos alojamentos não registados, conduzindo-os pedagogicamente ao processo de licenciamento”.


GaCS/HMB
 
 
 
Anexos:   Imagens Adicionais:
2018.04.06-DRTu-EncontroFloresCorvo.mp3   18.2492.jpg
   
   Folha de Impressão   Enviar Enviar Notícia   GaCS Site do GaCS   Órgãos de Comunicação Social Órgãos de Comunicação Social   rss  
     

Últimas Notícias

Agenda do Governo Regional dos Açores para 27 e 28 de abril

Freguesias dos Açores podem candidatar-se ao projeto Freguesias + Eficientes até 15 de maio

Estação Geodésica Fundamental de Santa Maria realizou, com muito sucesso, uma observação radioastronómica de 24 horas, afirma Gui Menezes

Açores estão na corrida à nova Era do Espaço na Europa, afirma Gui Menezes

João Ponte defende pacto conjunto pela inovação da Agricultura nos Açores

Pesquisa
 
Onde?
Pesquisa Avançada >>
 
 



Casa da Autonomia
Jornal Oficial
Programa de Governo
Açores 2020
 PROMEDIA 2020
 O Governo dos Açores mais perto de si - clique para enviar e-mail
Roteiro AP
 Linha Verde Apoio ao Cidadão
 
Rede Prestige Azores
 Provedor do Utente da Saúde
  
Ouvir Esta Página OUVIR
Ir para o topo desta página TOPO
ajuda AJUDA
English VersionCHANGE LANGUAGE

 
Símbolo de Acessibilidade à Web
principal | Presidente | Governo Regional | Espaço Cidadão | Espaço Empresas | Sobre os Açores | O Meu Portal