principal
Presidente
Governo Regional
Espaço Cidadão
Espaço Empresas
Sobre os Açores
  notícias Legislação Agenda fotos Contactos Mapa do Portal Ajuda
English VersionCHANGE LANGUAGE
ACORES-06-2215-FEDER-000003 | Recuperação de Espécies e Habitats Prioritários - 2014/2017
 

Cofinanciado por:


DESIGNAÇÃO DA CANDIDATURA: Recuperação de Espécies e Habitats Prioritários - 2014/2017

CÓDIGO DA CANDIDATURA: ACORES-06-2215-FEDER-000003

OBJETIVO PRINCIPAL: Promover o conhecimento e a valorização da biodiversidade e dos ecossistemas

ENTIDADE BENEFICIÁRIA: SREAT - Direção Regional do Ambiente

CUSTO TOTAL ELEGÍVEL: 2.604.934,97€

APOIO FINANCEIRO DA UNIÃO EUROPEIA: 2.214.194,72€

DESCRIÇÃO: O projeto irá promover ações de controlo das invasões biológicas de forma a garantir a manutenção da biodiversidade.

O projeto visa ainda possibilitar a preparação e desenvolvimento de um Programa de Monitorização, Conservação e Gestão do Património Natural dos Açores, promovendo ações de conservação dos habitats naturais mais relevantes, no cumprimento das medidas previstas no Plano Sectorial da Rede Natura 2000 da Região Autónoma dos Açores, aprovado pelo Decreto Legislativo Regional n.º 20/2006/A, de 6 de junho.

Através da iniciativa - Valorização e Recuperação da Flora Endémica Açoriana - pretendesse utilizar métodos biotecnológicos tendo em vista a recuperação e preservação de espécies endémicas em perigo crítico e, por outro lado, avaliar o potencial do cultivo de determinadas espécies.

A candidatura permitirá assim assegurar a viabilidade e diversidade das populações e habitats protegidos de acordo com as indicações da Diretiva Habitats e atingir a população ótima viável (espécies residentes e endémicas) ou a área ótima viável (habitats), de acordo com os princípios e estratégias proposta pela Conservação Biológica.

O projeto engloba igualmente a aquisição do Ilhéu do Topo local importante para a conservação da natureza e da biodiversidade, dado serem terrenos particulares sujeitos a forte pastoreio de animais que causam graves perturbações e danos às espécies de avifauna presentes.

O projeto também pretende o estabelecimento ex-situ de populações de espécies de plantas representativas dos habitats da Rede Natura 2000, com especial enfoque nas espécies ameaçadas de habitats prioritários aí definidos, servindo o propósito da sua conservação em coleções de plantas vivas e banco de germoplasma.

O estabelecimento ex-situ destas espécies requer a criação de condições propícias ao seu desenvolvimento e propagação. Para o efeito será efetuada a remodelação de um edifício que servirá de apoio e área interpretativa, a modelação do terreno contiguo ao edifício, criação de um laboratório bem como a construção de estufas de reprodução. Todas estas infraestruturas serão dedicadas ao estudo e propagação de orquídeas endémicas dos Açores e de espécies da Rede Natura 2000.

RESULTADOS: Intensificação da conservação e monitorização do património natural marinho e terrestre e, por outro lado, promoção do combate integrado às invasões biológicas que representam uma das maiores ameaças para o estado de conservação dos habitats das espécies de flora e fauna regional.

Estufas Pré-Fabricadas para Implantação do Projeto de Conservação Ex-Situ de Flora Natural dos Açores, Ilha do Faial, Açores

 
 
 
 


<< voltar
Pesquisa
 
Onde?
Pesquisa Avançada >>
 

 





Casa da Autonomia
Jornal Oficial
Programa de Governo
Açores 2020
 PROMEDIA 2020
 O Governo dos Açores mais perto de si - clique para enviar e-mail
Roteiro AP
 Linha Verde Apoio ao Cidadão
 
Rede Prestige Azores
 Provedor do Utente da Saúde
  
Ouvir Esta Página OUVIR
Ir para o topo desta página TOPO
ajuda AJUDA
English VersionCHANGE LANGUAGE

 
Símbolo de Acessibilidade à Web
principal | Presidente | Governo Regional | Espaço Cidadão | Espaço Empresas | Sobre os Açores | O Meu Portal