principal
Presidente
Governo Regional
Espaço Cidadão
Espaço Empresas
Sobre os Açores
  notícias Legislação Agenda fotos Contactos Mapa do Portal Ajuda
English VersionCHANGE LANGUAGE
Ver Em: entidades  temas
 

Administração
Agricultura e Floresta
Ambiente
Ciência e Tecnologia
Comércio
Comunidades
Cooperativismo
Cultura
Desporto
Direitos
Educação
Eleições
Emprego
Encerrar uma empresa
Energia
Estatística
Estatísticas e indicadores
Financiamentos e incentivos
Habitação e Equipamentos
Impostos
Incentivos
Indústria
Informação Empresas
Iniciar uma empresa
Inspecção Económica
Juventude
Lazer e Utilidades
Legislação
Licenciamentos
Pescas
Protecção Civil
Saúde
Segurança Social
Transportes
Turismo

 
Comunicação Social
      

Receba as notícias do Governo dos Açores por RSS - clique aqui 

 

Ponta Delgada , 21 de Abril de 2007

Presidente do Governo assume compromisso de defesa do chá açoriano

O presidente do Governo Regional assumiu hoje, formalmente, o compromisso de defender a cultura do chá nos Açores e de promoção do gosto pelo seu consumo.

Tal obrigação, que resulta da sua investidura como Confrade Honorário da Confraria do Chá do Porto Formoso, é entendida por Carlos César como responsabilidade relacionada com a condição de açoriano.

"Serei promotor do chá, como cidadão e como responsável público", assegurou o chefe do executivo, perante os outros membros de uma instituição criada há um ano por iniciativa da fábrica que lhe deu o nome e delegações de outras confrarias da Região e do País presentes na cerimónia da respectiva entronização.

Carlos César destacou, também, a importância do chá na economia e na tradição açoriana, recordando a sua introdução em S. Miguel, no século XIX, como cultura de substituição, a par da beterraba, da chicória, do tabaco ou do ananás.

O chá, como o ananás, foi "uma das culturas que mais tipificou" os Açores, deixando uma "marca" que ainda progride e se expande, considerou, ao acrescentar que as ilhas são a única região do País com esse tipo de produções.

Recomendou, por isso, a criação no arquipélago de uma confraria do ananás.

O presidente do Governo valorizou, ainda, o papel deste tipo de organizações, desafiando as "confrarias dos Açores a serem tão açorianas quanto possível".

Com Carlos César foram entronizados, hoje, outros cinco confrades, três efectivos e dois honorários, tendo os responsáveis pela Confraria realçado a importância da retoma da actividade da Fábrica de Chá do Porto Formoso, fundada em 1920 e que encerrou no inicio dos anos oitenta.

Recentemente recuperada, a unidade fabril tem funcionado, igualmente, como espaço de acolhimento de turistas, recebendo, o ano passado, cerca de 23 mil visitantes.


GaCS/AP
 
 
 
Anexos:   Imagens Adicionais:
2007.04.21-PGR-ConfrariaCháPortoFormoso.mp3   3539.jpg 3541.jpg 3542.jpg
   
   Folha de Impressão   Enviar Enviar Notícia   GaCS Site do GaCS   Órgãos de Comunicação Social Órgãos de Comunicação Social   rss  
     

Informação Relacionada:

Presidente do Governo entronizado “Confrade Honorário” da Confraria do Chá do Porto Formoso 

Últimas Notícias

Governo dos Açores consignou construção de 10 lotes infraestruturados no loteamento dos Milagres, nos Arrifes

Parque de Arvorismo em São Miguel insere-se na estratégia regional de valorização da floresta dos Açores

Desemprego volta a baixar nos Açores e regista a segunda maior descida do país

Diretor Regional destaca investimento de meio milhão de euros em Oficinas de Competências Digitais

Governo dos Açores concedeu 260 mil euros de apoios a entidades da Diáspora

Pesquisa
 
Onde?
Pesquisa Avançada >>
 


 
 

 

 




 
Jornal Oficial
Programa de Governo
Açores 2020
 PROMEDIA 2020
 O Governo dos Açores mais perto de si - clique para enviar e-mail
Roteiro AP
 Linha Verde Apoio ao Cidadão
 
Provedor do Utente da Saúde
 
  
Ouvir Esta Página OUVIR
Ir para o topo desta página TOPO
ajuda AJUDA
English VersionCHANGE LANGUAGE

 
Símbolo de Acessibilidade à Web
principal | Presidente | Governo Regional | Espaço Cidadão | Espaço Empresas | Sobre os Açores | O Meu Portal