principal
Presidente
Governo Regional
Espaço Cidadão
Espaço Empresas
Sobre os Açores
  notícias Legislação Agenda fotos Contactos Mapa do Portal Ajuda
English VersionCHANGE LANGUAGE
Ver Em: entidades  temas
 

Administração
Agricultura e Floresta
Ambiente
Ciência e Tecnologia
Comércio
Comunidades
Cooperativismo
Cultura
Desporto
Direitos
Educação
Eleições
Emprego
Encerrar uma empresa
Energia
Estatística
Estatísticas e indicadores
Financiamentos e incentivos
Habitação e Equipamentos
Impostos
Incentivos
Indústria
Informação Empresas
Iniciar uma empresa
Inspecção Económica
Juventude
Lazer e Utilidades
Legislação
Licenciamentos
Pescas
Protecção Civil
Saúde
Segurança Social
Transportes
Turismo

 
Comunicação Social
      

Receba as notícias do Governo dos Açores por RSS - clique aqui 

 

Ponta Delgada , 13 de Março de 2007

Governo aposta em recursos energéticos renováveis como questão de sobrevivência económica e colectiva

O presidente do Governo Regional dos Açores inaugurou, hoje, a nova Central Geotérmica do Pico Vermelho, na ilha de S. Miguel, reafirmando a aposta do executivo na exploração dos recursos energéticos endógenos e renováveis como uma questão de "sobrevivência económica e colectiva".

"Queremos que a nossa Região se afirme como um espaço mais independente das incertezas associadas ao mercado internacional dos produtos petrolíferos, particularmente dos efeitos corrosivos das flutuações bruscas que o têm caracterizado nos últimos meses", declarou Carlos César, indicando que a entrada em funcionamento da nova central permite assegurar que cerca de metade da electricidade produzida em S. Miguel tenha origem renovável.

Segundo referiu, graças a um investimento de 35 milhões de euros, o novo equipamento permite multiplicar "por mais de 10 vezes a produção eléctrica" da central piloto instalada em 1980 no Pico Vermelho, representando "um passo em frente, muito significativo", na execução das políticas do Governo neste domínio.

O chefe do executivo assegurou a continuação dos investimentos no estudo, prospecção e exploração de fontes de energia onde a Região tem vantagens (geotérmica e eólica), destacando a importância do projecto geotérmico da Terceira e da implantação do novo parque eólico a instalar nesta ilha.

O elevado crescimento da procura da energia eléctrica nos Açores - 7,7 por cento ao ano entre 2001 e 2006 - justificam, também, a concretização de medidas tendentes a assegurar a utilização eficiente da energia, impondo-se um "grande esforço para alterar as condutas empresariais e dos consumidores individuais", considerou.

Com esse objectivo, o Governo avançou, recentemente, com o sistema de incentivos PROENERGIA, destinado a estimular a utilização racional da energia e a fomentar o aproveitamento de energias renováveis por empresas, e aprovou, segunda-feira, novos sistemas de incentivos, a vigorar até 2013, que dão especial ênfase ao aproveitamento de fontes renováveis de energia, disse.

Segundo adiantou, nos diversos subsistemas de incentivos é atribuída uma majoração da taxa de incentivo não reembolsável, quando o projecto candidato contribuir para o aumento de eficiência energética.

Além disso, os "projectos que tiverem directamente como objectivo o aproveitamento de fontes renováveis de energia endógena, com valor superior a um milhão de euros, serão considerados projectos estratégicos de interesse regional e terão, nessa qualidade, um incentivo bastante mais elevado e um tratamento prioritário no que diz respeito à análise e aprovação das comparticipações públicas", explicou.

Carlos César considerou, ainda, que a entrada em funcionamento da nova central garante à SOGEO, empresa do Grupo EDA que explora a geotermia, uma "dimensão financeira e estratégica relevante no contexto regional", e realçou o bom desempenho da eléctrica açoriana, com "resultados positivos e capitais e administradores em representação do sector privado".

Isso apesar do tarifário eléctrico praticado nos Açores ser idêntico ao do Continente, quando, há 10 anos, era o mais caro do País - 40 por cento acima da média nacional, concluiu.


GaCS/AP
 
 
 
Anexos:   Imagens Adicionais:
 

Intervenção do presidente do Governo no Pico Vermelho 

Presidente do Governo inaugura a nova Central Geotérmica do Pico Vermelho

  3329.jpg 3330.jpg
   
   Folha de Impressão   Enviar Enviar Notícia   GaCS Site do GaCS   Órgãos de Comunicação Social Órgãos de Comunicação Social   rss  
     

Últimas Notícias

Museu Francisco de Lacerda, em São Jorge, conclui Rede de Museus Regionais e de Ilha, refere Avelino Meneses

Todas as ilhas dos Açores ficam abrangidas este ano pela Rede de Clubes de Programação e Robótica, afirma Gui Menezes

Governo dos Açores disponibiliza 4,2 ME para projetos na área da promoção, qualificação e monitorização da atividade turística

Agenda do Governo Regional dos Açores para 24 e 25 de janeiro

Novos equipamentos para os Bombeiros das Velas reforçam segurança no socorro, afirma Teresa Machado Luciano

Pesquisa
 
Onde?
Pesquisa Avançada >>
 


 
 

 

 




 
Jornal Oficial
Programa de Governo
Açores 2020
 PROMEDIA 2020
 O Governo dos Açores mais perto de si - clique para enviar e-mail
Roteiro AP
 Linha Verde Apoio ao Cidadão
 
Provedor do Utente da Saúde
 
  
Ouvir Esta Página OUVIR
Ir para o topo desta página TOPO
ajuda AJUDA
English VersionCHANGE LANGUAGE

 
Símbolo de Acessibilidade à Web
principal | Presidente | Governo Regional | Espaço Cidadão | Espaço Empresas | Sobre os Açores | O Meu Portal