principal
Presidente
Governo Regional
Espaço Cidadão
Espaço Empresas
Sobre os Açores
  notícias Legislação Agenda fotos Contactos Mapa do Portal Ajuda
English VersionCHANGE LANGUAGE
Ver Em: entidades  temas
 

Presidência do Governo
Vice-Presidência do Governo, Emprego e Competitividade Empresarial
Secretaria Regional da Solidariedade Social
Secretaria Regional da Educação e Cultura
Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia
Secretaria Regional dos Transportes e Obras Públicas
Secretaria Regional da Saúde
Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo
Secretaria Regional da Agricultura e Florestas

 
Comunicação Social
      

Receba as notícias do Governo dos Açores por RSS - clique aqui 

São Roque do Pico , 27 de Agosto de 2019

Manutenção dos caminhos agrícolas no Pico será reiniciada em setembro, afirma João Ponte

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas afirmou hoje que serão reiniciados nos primeiros dias de setembro os trabalhos de manutenção dos caminhos agrícolas na ilha do Pico, de modo a melhorar as condições de trabalho dos agricultores e contribuir para o aumento da competitividade das explorações.

 

“Para esse efeito, chegaram recentemente à ilha do Pico cerca de 200 toneladas de asfalto, que serão agora aplicadas, sempre que as condições atmosféricas o permitirem, nos caminhos florestais e rurais de modo a melhorar as condições de trabalho dos agricultores e de todos aqueles que utilizam estas vias”, salientou João Ponte, à margem da visita à obra de beneficiação do caminho rural do Landroal.

 

O titular da pasta da Agricultura frisou que o Pico, com uma rede de caminhos que tem cerca de 360 quilómetros de extensão, é uma das ilhas onde é preciso atuar de forma ainda mais enérgica para melhorar as condições atuais.

 

“Este ano já foram aplicadas 20 toneladas de asfalto, essencialmente nas freguesias de São Caetano e São João, para além do caminho de acesso à Casa da Montanha, um local de passagem obrigatória para quem visita a ilha do Pico”, revelou o Secretário Regional, acrescentando que, só na atual legislatura, já foram investidos 800 mil euros na manutenção de caminhos agrícolas no Pico.

 

O governante reconheceu que o estado de alguns caminhos florestais e rurais ainda não é o melhor, mas isso deve-se, por um lado, ao atraso nos trabalhos de manutenção em virtude do primeiro concurso para a aquisição do asfalto ter ficado deserto e também às fortes chuvadas que se verificaram na primavera e verão.

 

A estratégia de modernização das infraestruturas agrícolas é um dos objetivos centrais do Governo Regional, dado o impacto direto que proporcionam na melhoria das condições de trabalho dos agricultores, na competitividade e na eficácia das explorações, traduzindo-se, por essa via, num aumento do rendimento dos produtores.

 

A beneficiação do caminho rural do Landroal, intervencionado numa extensão de 3.230 metros, contempla o alargamento da via, a construção de um sistema de drenagem, a colocação de vedação e a regularização e macadamização do piso.

 

“Estamos a materializar também aqui no Pico o que está a acontecer um pouco por todas as ilhas, que é dotar o setor agrícola de melhores condições de trabalho, melhores vias, melhores infraestruturas para facilitar a vida aos agricultores, para reduzir custos de produção e, sobretudo, para melhorar a competitividade do setor agrícola na Região, por ser um setor estratégico, o principal setor da atividade económica regional, o que mais contribui para a exportação de produtos regionais”, afirmou João Ponte.

 

Para o governante, é impensável desenvolver uma agricultura de qualidade e de sucesso sem ter caminhos, abastecimento de água e de eletricidade nas explorações, daí que, só nos primeiros três anos desta legislatura, já foram aplicados mais de 25 milhões de euros na modernização das infraestruturas agrícolas, nomeadamente na beneficiação de caminhos agrícolas, no abastecimento de abastecimento de água e na eletrificação de explorações.

 

João Ponte frisou, no entanto, que a responsabilidade pela manutenção e pela melhoria destas infraestruturas agrícolas não é uma responsabilidade exclusiva do Governo dos Açores, salientando que os municípios também têm responsabilidades que devem ser assumidas, pois nem todos os caminhos de acesso às explorações integram a rede regional e, muitas vezes, são as autarquias que são proprietárias das fontes de abastecimento de água.

GaCS/RM
 
Anexos:  
2019.08.27-SRAF-Landroal(1).mp3 2019.08.27-SRAF-Landroal(2).mp3   19.6058.jpg 19.6059.jpg
 
     
   Folha de Impressão   Enviar Enviar Notícia   GaCS Site do GaCS   Órgãos de Comunicação Social Órgãos de Comunicação Social   rss  
     

Últimas Notícias

Investimento de 3ME na requalificação e construção de equipamentos na aérea da infância e juventude, afirma Andreia Cardoso

Agenda do Governo Regional dos Açores para 18 e 19 de janeiro

Museu do Pico acolhe exibição do filme "O Homem do Vento Norte"

Museu da Horta promove oficina "Objetos que marcam o tempo"

Teresa Machado Luciano afirma que acordo com sindicatos médicos está para breve



<< voltar

Pesquisa
 
Onde?
Pesquisa Avançada >>
 


 


  



 




 
Jornal Oficial
Programa de Governo
Açores 2020
 PROMEDIA 2020
 O Governo dos Açores mais perto de si - clique para enviar e-mail
Roteiro AP
 Linha Verde Apoio ao Cidadão
 
Provedor do Utente da Saúde
 
  
Ouvir Esta Página OUVIR
Ir para o topo desta página TOPO
ajuda AJUDA
English VersionCHANGE LANGUAGE

 
Símbolo de Acessibilidade à Web
principal | Presidente | Governo Regional | Espaço Cidadão | Espaço Empresas | Sobre os Açores | O Meu Portal