principal
Presidente
Governo Regional
Espaço Cidadão
Espaço Empresas
Sobre os Açores
  notícias Legislação Agenda fotos Contactos Mapa do Portal Ajuda
English VersionCHANGE LANGUAGE
Ver Em: entidades  temas
 

Presidência do Governo
Vice-Presidência do Governo, Emprego e Competitividade Empresarial
Secretaria Regional da Solidariedade Social
Secretaria Regional da Saúde
Secretaria Regional da Educação, Ciência e Cultura
Secretaria Regional do Turismo e Transportes
Secretaria Regional dos Recursos Naturais

 
Comunicação Social
      

Receba as notícias do Governo dos Açores por RSS - clique aqui
Saber mais sobre RSS ...

Horta , 23 de Março de 2012

Construção civil foi penalizada pela “diminuição drástica” do investimento privado

O Secretário Regional da Ciência, Tecnologia e Equipamentos disse hoje, na Horta, que muitas das dificuldades por que passam as empresas de construção civil nos Açores têm a ver com uma “diminuição drástica do investimento privado”.

 

A opinião foi expressa por José Contente na Assembleia Legislativa, durante a discussão de um projeto de diploma, da iniciativa do PS, propondo a redução temporária, para 25%, do valor da caução a prestar pelas empresas que exploram inertes.

 

Segundo indicou o governante, o investimento privado na área da construção civil caiu nos últimos anos de forma acentuada por falta de financiamento da banca.

 

É preciso não esquecer que, entre 2007 e 2010, “desapareceram” da economia açoriana 620 milhões de euros, tal foi a diferença entre aquilo que a banca emprestou e aquilo que aforrou, disse o Secretário Regional da Ciência, Tecnologia e Equipamento, adiantando que este diferencial teve “um impacto brutal” na construção civil.

 

José Contente assegurou, por outro lado, que o setor público – governo, autarquias e institutos – investiram na construção civil cerca de 137 milhões de euros (ME) em 2009, 207 ME em 2010 e 206,8 ME de 2011.

 

“Isto é mais um dado que comprova que efetivamente há aqui um problema, mas esse problema tem na sua raiz uma explicação, que é a diminuição drástica do investimento privado”, concluiu o governante.

 

Dados avançados pelo governante indicam que cerca de metade das 39 grandes empresas de construção civil do arquipélago, que empregam a maior parte dos trabalhadores do setor, “sofrem dificuldades de vária ordem”.

 

Disse também que muitas dessas empresas que estão em dificuldades são empresas que habitualmente não acediam ao mercado da construção civil em termos públicos, mas sim ao mercado privado.

GaCS/FG
 
Anexos:   Imagens Adicionais:
2012.03.23-SRCTE-ConstruçãoCivil.mp3   8841.jpg
 
     
   Folha de Impressão   Enviar Enviar Notícia   GaCS Site do GaCS   Órgãos de Comunicação Social Órgãos de Comunicação Social   rss  
     

Últimas Notícias

Agenda do Governo Regional dos Açores para 19 e 20 de abril

Presidente do Governo considera positivo encontro com John Boehner

Luís Neto Viveiros realça papel das associações agrícolas na formação de jovens profissionais

Agenda do Governo Regional dos Açores para 18 e 19 de abril

Luís Cabral exorta presidente do Sindicato Independente dos Médicos a esclarecer se vem aos Açores defender a classe ou em campanha eleitoral



<< voltar

Pesquisa
 
Onde?
Pesquisa Avançada >>
 
Plano de Ação para a Reestruturação do Serviço Regional de Saúde- clique para ler
Agenda Açoriana para a Criação de Emprego e Competitividade Empresarial- clique para ler
PLANO ESTRATÉGICO PARA O FOMENTO DO EMPREENDEDORISMO NA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES 2013-2016 - clique para ler


 Protecção Civil - clique para ler
 
O Governo dos Açores mais perto de si - clique para enviar e-mail
Linha Verde do Governo dos Açores - Ligue 800 207 255
Rede Prestige Azores
 
  
Ouvir Esta Página OUVIR
Ir para o topo desta página TOPO
ajuda AJUDA
English VersionCHANGE LANGUAGE

 
Símbolo de Acessibilidade à Web
principal | Presidente | Governo Regional | Espaço Cidadão | Espaço Empresas | Sobre os Açores | O Meu Portal