principal
Presidente
Governo Regional
Espaço Cidadão
Espaço Empresas
Sobre os Açores
  notícias Legislação Agenda fotos Contactos Mapa do Portal Ajuda
English VersionCHANGE LANGUAGE
Ver Em: entidades  temas
 

Presidência do Governo
Vice-Presidência do Governo, Emprego e Competitividade Empresarial
Secretaria Regional da Solidariedade Social
Secretaria Regional da Educação e Cultura
Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia
Secretaria Regional dos Transportes e Obras Públicas
Secretaria Regional da Saúde
Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo
Secretaria Regional da Agricultura e Florestas

 
Comunicação Social
      

Receba as notícias do Governo dos Açores por RSS - clique aqui 

Horta , 12 de Julho de 2019

Agricultura é um dos grandes ativos da criação de emprego e de riqueza nos Açores, afirma João Ponte

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas afirmou hoje, no Faial, que a agricultura é um dos grandes ativos de criação de emprego e de riqueza nos Açores, um setor que, ao longo dos anos, tem sabido desenvolver-se e ultrapassar desafios.

 

“O setor soube adaptar-se e crescer em profissionalismo, reduzir custos de produção, dar resposta às exigências de qualidade, permitindo que os Açores se afirmem, cada vez mais, não apenas como uma região de excelência na produção de leite, mas também de carne de bovino, de vinho e de flores, entre outros”, referiu João Ponte, acrescentando que o percurso de progresso que se fez na agricultura e na qualidade das produções "são evidentes e estão expostas aos olhos de todos".

 

O governante falava na abertura da Feira Agrícola dos Açores, que decorre até domingo no Parque de Exposições da Ilha do Faial, um certame que constitui um momento de excelência para valorizar, promover e dignificar o que de melhor tem o mundo rural e o que de melhor produz a agricultura açoriana em todos os seus setores.

 

"Aqui chegados, novos e importantes desafios estão à nossa frente em vários domínios, que exigem a todos os agentes do setor – públicos e privados – empenho, cooperação e união para encontrarmos as melhores soluções e respostas para termos no futuro uma agricultura ainda mais forte, sustentável e capaz de gerar melhores rendimentos", salientou.

 

João Ponte destacou, desde logo, o financiamento europeu no âmbito da PAC para o período 2021 – 2027, tendo em conta a importância social e económica destes fundos para o setor agrícola.

 

“O Governo dos Açores vai bater-se para que a dotação do POSEI cresça 4,8%, ou seja, na mesma proporção do aumento previsto para Portugal no I pilar, referente aos pagamentos diretos aos produtores”, assegurou João Ponte, acrescentando que, “seja no quadro europeu, seja ao nível do país, terá que se encontrar uma solução que anule esta penalização injusta para os agricultores açorianos”.

 

Por outro lado, no II pilar do Programa de Desenvolvimento Rural, o governante frisou que a proposta da Comissão Europeia de redução de 15%, não tem o mesmo efeito em todos os Estados membros, pelo que “o Governo dos Açores defende a aplicação dos mesmos princípios, da convergência e da equidade, que estão consagrados para o I pilar, ao invés da aplicação de um corte indiscriminado”.

 

João Ponte considerou que, nesta fase crucial de negociação da PAC para o período 2021-2027, importa “uma mobilização de todos na Região, no país e no Parlamento Europeu, para termos uma PAC que permita à agricultura modernizar-se, melhorar os rendimentos e, sobretudo, promover o emprego e desenvolvimento económico”.

 

O governante adiantou que, paralelamente, o Governo dos Açores tem desenvolvido um conjunto de ações e políticas para reforçar o setor agrícola, como é o caso do novo regime jurídico relativo à cessação da atividade agrícola, os novos programas PROAGRI e I9AGRI, que permitirão cofinanciar investimentos elegíveis até 10 mil euros, no primeiro caso, e 20 mil no segundo, e ainda a adaptação à Região do Estatuto da Agricultura Familiar, para ir ao encontro das necessidades do pequeno agricultor e da agricultura de cariz familiar em todas as ilhas.

 

João Ponte revelou ainda que o programa Jovem Agricultor será lançado na próxima semana à consulta dos diferentes parceiros para a recolha de contributos.

 

“Neste quadro comunitário foram aprovados cerca de 230 projetos de primeira instalação de jovens agricultores, com apoios públicos superiores a nove milhões de euros, o que demonstra bem a capacidade de atração que a agricultura regional tem para as novas gerações”, frisou João Ponte.

 

O Secretário Regional manifestou confiança no trajeto feito ao longo dos anos pelo setor agrícola, mas salientou estar consciente de que haverá sempre muito mais para fazer, e que os desafios são permanentes e cada vez maiores.

GaCS/RM
 
Anexos:  
2019.07.12-SRAF-FeiraAgrícolaAçores(1).mp3 2019.07.12-SRAF-FeiraAgrícolaAçores(2).mp3 2019.07.12-SRAF-FeiraAgrícolaAçores(3).mp3   19.5848.jpg 19.5849.JPG 19.5850.jpg
 
     
   Folha de Impressão   Enviar Enviar Notícia   GaCS Site do GaCS   Órgãos de Comunicação Social Órgãos de Comunicação Social   rss  
     

Últimas Notícias

Esclarecimento do Governo dos Açores

Agenda do Governo Regional dos Açores para 23 e 24 de agosto

Governo dos Açores propõe à Comissão Europeia fim do uso de estralhos de aço na pesca de palangre de superfície e proibição de capturas de rinquim

Vasco Cordeiro reafirma aposta no aumento da competitividade da agricultura dos Açores

Governo dos Açores investe cerca de 310 mil euros na EBS de Santa Maria



<< voltar

Pesquisa
 
Onde?
Pesquisa Avançada >>
 

 

 

  



Casa da Autonomia
Jornal Oficial
Programa de Governo
Açores 2020
 PROMEDIA 2020
 O Governo dos Açores mais perto de si - clique para enviar e-mail
Roteiro AP
 Linha Verde Apoio ao Cidadão
 
Rede Prestige Azores
 Provedor do Utente da Saúde
  
Ouvir Esta Página OUVIR
Ir para o topo desta página TOPO
ajuda AJUDA
English VersionCHANGE LANGUAGE

 
Símbolo de Acessibilidade à Web
principal | Presidente | Governo Regional | Espaço Cidadão | Espaço Empresas | Sobre os Açores | O Meu Portal