Vila do Corvo 4 de Janeiro de 2017
Porto Novo, no Corvo, vai ser alvo de obras de proteção e requalificação
 

O Diretor Regional dos Assuntos do Mar destacou hoje, no Corvo, o empenho do Governo dos Açores em "proteger e valorizar o património histórico e natural costeiro e marítimo”, nomeadamente os bens relevantes para o turismo cultural e para a preservação da cultura marítima coletiva açoriana.

 

Filipe Porteiro falava na apresentação do projeto de intervenção no Porto Novo e na zona envolvente, uma colaboração do Governo dos Açores com a Câmara Municipal do Corvo, através de um contrato ARAAL.

 

“O Porto Novo foi o ponto central da baleação na ilha do Corvo”, frisou o Diretor Regional, acrescentando que está inserido num local “de grande interesse turístico, anexo aos moinhos de vento, ex-libris da ilha”.

 

Segundo Filipe Porteiro, esta intervenção, integrada numa obra mais ampla na zona dos moinhos, pretende “reabilitar a rampa de acesso, que tem uma calçada antiga que está parcialmente destruída, consolidar a muralha do cais, que ao longo dos anos tem sofrido erosão do mar, e ainda recuperar a plataforma de acesso ao mar e ao molhe”.

 

A empreitada, num investimento de cerca de 130 mil euros, integra-se no projeto de reabilitação da zona dos moinhos de vento, onde se encontra a Casa do Bote, estruturas que se encontram geograficamente próximas e que estão histórica e culturalmente ligadas.

 
 
GaCS/GM
 
Anexos:

<<< voltar

 

imprimir  |  guardar