Ponta Delgada 19 de Setembro de 2019
Menos 858 desempregados em agosto nos Açores
 

A Diretora Regional do Emprego e Qualificação Profissional destacou, nas Capelas, em São Miguel, os dados hoje publicados pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) relativamente ao mês de agosto, que voltam a revelar, por um lado, uma diminuição do número de desempregados nos Açores e, por outro, a integração contínua e sustentada de Açorianos no mercado de trabalho.

 

“O desemprego nos Açores diminuiu 10,9% em agosto, face ao mesmo mês de 2018, refletindo menos 858 desempregados”, revelou Paula Andrade, após uma visita ao Solar do Conde, unidade hoteleira que contratou mais um trabalhador no âmbito das medidas de qualificação e de promoção da empregabilidade dos Açorianos disponibilizadas pelo Governo Regional.

 

“Os Açores voltam a estar em destaque na comparação a nível nacional, pois, em agosto, tornam a ser a segunda região do país em que o desemprego mais diminuiu”, frisou.

 

No final do mês de agosto estavam inscritos nas Agências para a Qualificação e Emprego dos Açores 7.040 desempregados à procura de primeiro e novo emprego.

 

“No que diz respeito às colocações, ou seja, resposta a ofertas de trabalho, registou-se em agosto um aumento de 19,2% na Região”, salientou a Diretora Regional.

 

“Estes dados são igualmente reveladores do esforço que o Executivo faz no sentido de acelerar a integração no mercado de trabalho de Açorianos que frequentaram medidas ocupacionais, que visam complementar e aperfeiçoar competências sociais e profissionais de desempregados geralmente com mais fragilidades sociais”, afirmou Paula Andrade.

 

Nesse sentido, reiterou que, fruto também da dinamização económica, o número de Açorianos em medidas de inserção socioprofissional caiu significativamente nos últimos dois anos e meio, representando “uma redução de 46%”.

 

Para a Diretora Regional do Emprego e Qualificação Profissional, a capacitação dos Açorianos “é fundamental para potenciar a empregabilidade e facilitar o recrutamento por parte das empresas, cooperativas ou entidades sem fins lucrativos”.

 

Paula Andrade lembrou ainda que as medidas que têm vindo a ser implementadas, visando a qualificação dos Açorianos, estão de acordo com os objetivos definidos no programa do Governo dos Açores.

 
 
GaCS/DREQP
 
Anexos: Fotos: GaCS/DREQP

<<< voltar

 

imprimir  |  guardar