São Roque do Pico 20 de Maio de 2016
Vasco Cordeiro anuncia 11 novos investimentos que vão servir cerca de 800 crianças de várias ilhas
 

O Presidente do Governo anunciou hoje que vão ser lançados, até final desta legislatura, 11 novos equipamentos na área da Infância, um investimento global de cerca de 14 milhões de euros em várias ilhas que contribui para a reforçar a coesão territorial entre toda a Região.

 

Falando na cerimónia de inauguração da Creche e Centro de Atividades de Tempos Livres da Santa Casa da Misericórdia de São Roque do Pico, Vasco Cordeiro adiantou que estes novos investimentos vão servir quase 800 crianças em ilhas como São Miguel, Terceira, Faial e Corvo.

 

“A importância deste tipo de investimento não se circunscreve apenas ao âmbito que ele serve, já que realiza, também, o valor da coesão regional e que se traduz em dizer que, em cada uma das nossas ilhas, criamos as condições para que as famílias possam realizar-se do ponto de vista pessoal e profissional”, afirmou o Presidente do Governo.

 

O novo equipamento hoje inaugurado, com uma capacidade em creche para cerca de 40 crianças e em centro de atividades de tempos livres para 60 crianças, representou um investimento público global de cerca de dois milhões de euros, incluindo a sua construção e respetivo equipamento.

 

Segundo disse, trata-se, assim, de um investimento estratégico para o futuro da ilha do Pico e da Região, à semelhança do que tem sido feito em várias ilhas e em várias áreas, como o apoio aos idosos e às pessoas com necessidades especiais.

 

“Temos feito um percurso que nos pode honrar, como Povo e como Região, que tem a ver com a criação de condições para que, em todas e em qualquer uma das nossas ilhas, tenhamos este tipo de infraestruturas”, destacou o Presidente do Governo.

 

De acordo com Vasco Cordeiro, esta política social permite, também, concretizar o valor da coesão social, que tem expressão prática em medidas como os descontos para as famílias que têm dois ou mais filhos em creches, jardins de infância ou amas, ou o Complemento Açoriano de Abono de Família, que, este ano, teve um aumento de cerca de 15 por cento e que abrange cerca de 35 mil jovens e crianças da Região.

 

Na sua intervenção, o Presidente do Governo destacou, por outro lado, que este investimento não teria sido possível de concretizar sem a parceria firmada com a Santa Casa da Misericórdia de São Roque do Pico, à semelhança do que acontece em toda a Região.

 

“Da parte do Governo, podemos ter a criação destas medidas e apoiar estes investimentos mas, se no dia a dia, não houver colaboradores empenhados e interessados em cumprir esta função, nada disso serviria”, sublinhou Vasco Cordeiro, que deixou, assim, uma palavra de reconhecimento público pelo trabalho desenvolvido pelos trabalhadores das instituições particulares de solidariedade social dos Açores.

 
 
GaCS/PC
 
Anexos: Fotos: GaCS/JAR

<<< voltar

 

imprimir  |  guardar