PEPGRA  |  SRIR  |  Semana dos Resíduos  |  Resíduos no GRA  |  Sigestein  |  LEGISLAÇÃO  |  LINKS  |  CONTACTOS



Destaques
 
Lista de Operadores de Gestão de Resíduos
 Mais »
Lista de Entidades Gestoras de Fluxos Especificos de Resíduos atualizada
 Mais »
 
Últimos conteúdos
 
Semana dos Resíduos com 195 ações de sen...
eco feira
Vamos cultivar uma Floresta da Vida
Contrapartidas financeiras
 

Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos (REEE)


Os resíduos de equipamentos elétricos ou eletrónicos (REEE) são quaisquer equipamentos elétricos e eletrónicos (EEE) que constituam um resíduo na aceção da alínea aa) do artigo 3.º do Decreto-Lei n.º 67/2014, de 7 de maio, incluindo todos os componentes, subconjuntos e materiais consumíveis que fazem parte integrante do equipamento no momento em que estes são descartados.


Entendem-se por equipamentos elétricos e eletrónicos (EEE), todos aqueles cujo funcionamento adequado depende de correntes elétricas ou campos eletromagnéticos, bem como os equipamentos para geração, transferência e medição dessas correntes e campos.


A gestão de REEE na Região era regulamentada pelo Decreto Legislativo Regional n.º 4/2012/A, de 1 de junho que transpõe as Diretivas n.º 2002/96/CE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 27 de janeiro de 2003, alterada pela Diretiva n.º 2003/108/CE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 8 de dezembro de e a Diretiva n.º 2011/65/UE do Parlamento Europeu e do Conselho, de 8 de junho.
Atualmente é regulamentada pelo Decreto-Lei n.º 67/2014, de 7 de maio.

 

Neste diploma, são reiterados os princípios fundamentais da gestão, que passam pela prevenção da produção de REEE em quantidade e nocividade, e adoção das melhores técnicas disponíveis nas diversas operações de gestão, bem como pela promoção da reutilização, da reciclagem e de outras formas de valorização.

 

Os produtores de EEE são responsáveis pela gestão dos resíduos que têm origem nos seus produtos, ficando obrigados a submeter a gestão dos REEE a um sistema individual ou a um sistema integrado.


No âmbito do sistema integrado estão licenciadas as seguintes entidades gestoras: 
ERP Portugal - Associação Gestora de Resíduos
Relatório de Atividades 2018- ERP

Amb3e - Associação Portuguesa de Gestão de Resíduos.
Relatório de Atividades - Amb3e

As entidades gestoras estão obrigadas a assegurar os objetivos de prevenção, valorização e gestão aplicáveis e assegurar a monitorização do sistema integrado, nomeadamente no que diz respeito à quantidade de produtos colocado no mercado, ao fluxo dos resíduos e dos materiais resultantes do seu tratamento.

Atenção! Para mais informações sobre a produção e gestão de REEE, clique AQUI.



Numero de Visitantes
  863343  
Zonas
 

Açores
Corvo
Faial
Flores
Graciosa
Pico
Santa Maria
São Jorge
São Miguel
Terceira

 

Já foram trocadas
100
PALHINHAS





 




 

HOMEPLANOS DE PREVENÇÃO E GESTÃOEDUCAÇÃO E PROMOÇÃO AMBIENTALTRANSPORTEFLUXOSOPERADORESCENTROSLICENCIAMENTOS

©2004-2019 Presidência do Governo dos Açores
Todos os Direitos Reservados

Portal do Governo dos Açores
Governo Regional dos Açores  UE