Áreas Protegidas  |  Rede Natura 2000  |  Património Mundial UNESCO  |  Reservas da Biosfera  |  Geoparque Açores  |  RAMSAR  |  Envolvimento Internacional  |  Espécies e Habitats



Destaques
 
Planos de Ação das Reservas da Biosfera de Corvo, Flores, Graciosa e Fajãs de São Jorge | Consulta Pública
 Mais »
Planos de Gestão das Áreas Terrestres dos Parques Naturais das Ilhas de São Miguel, Pico e Faial | Discussão Pública
 Mais »
Parques Naturais dos Açores
 Mais »
Plano Setorial da Rede Natura 2000
 Mais »
 
Últimos conteúdos
 
Governo dos Açores encerra Centros Ambie...
Acesso à Montanha do Pico com novas regr...
Diretor Regional do Ambiente destaca imp...
Portaria n.º 25/2020
 

10-03-2020

Diretor Regional do Ambiente destaca importância da recuperação do habitat de uma população única de 'Azorina vidalii'


O Diretor Regional do Ambiente salientou que o Governo dos Açores "tem sido bem sucedido" na captação de recursos financeiros para reforçar a política de conservação do património natural, designadamente por via dos três projetos LIFE em execução no arquipélago, que se traduzem num volume de investimento direto de aproximadamente 23 milhões de euros.

Hernâni Jorge destacou ainda “o crescente investimento do Governo dos Açores na conservação da natureza e na consolidação do património natural como um dos principais ativos da Região”.

O Diretor Regional falava segunda-feira durante uma visita aos trabalhos de controlo de flora invasora nas vertentes rochosas do Caldeirão do Cabeço Verde, no Faial, cuja primeira fase decorreu durante quatro dias e teve de ser realizada por uma equipa da associação Os Montanheiros especializada em trabalhos em altura e verticais.

Esta intervenção de “recuperação do habitat de uma população única de 'Azorina vidalii' contou ainda com o reforço de 280 novos indivíduos”, executada no âmbito do projeto LIFE VIDALIA, salientou.

“A população de 'Azorina vidalii' do Caldeirão do Cabeço Verde está localizada entre os 320 e os 350 metros de altitude e a cerca de dois quilómetros da linha de costa, sendo a única que se conhece nos Açores situada acima dos 250 metros de altitude e, sobretudo, tão distante da costa”, afirmou Hernâni Jorge.

No sentido de recuperar este habitat único, o Diretor Regional adiantou que a área de intervenção definida no âmbito do projeto LIFE VIDALIA abrange a zona de ocorrência da vidália e ainda uma outra, em seu redor, “de forma a criar condições de expansão da população da espécie, contemplando trabalhos na parede rochosa, ou seja, libertando as fendas da vertente rochosa virada a sul do interior do Caldeirão", onde se desenvolve a 'Azorina vidalii'.

“Atualmente, com o LIFE VIDALIA em curso, é possível colocar em prática todos os conhecimentos adquiridos no Jardim Botânico do Faial ao longo de décadas de trabalho com esta espécie, no sentido de aumentar o número de plantas de vidália existentes nas chamadas ilhas do Triângulo”, abrangidas pelo projeto, que começou em 2018 com a recolha de sementes no local e a sua conservação no Banco de Sementes dos Açores.

Posteriormente, procedeu-se à sua propagação no viveiro do Jardim Botânico do Faial onde, revelou Hernâni Jorge, já “existem cerca de 500 plantas prontas a serem introduzidas no local para reforço populacional, propagadas a partir das sementes recolhidas da população original”.

O Diretor Regional do Ambiente adiantou também que “a plantação destas espécies será faseada" e apenas terá lugar "após uma intervenção de controlo das espécies invasoras presentes”.

O projeto LIFE VIDALIA, coordenado pela Direção Regional do Ambiente, tem como principal objetivo melhorar o estado de conservação das espécies de flora endémica protegidas 'Azorina vidalii' e 'Lotus azoricus', nas ilhas do Pico, Faial e São Jorge, com um investimento global de cerca de 1,8 milhões de euros.

Autor: GaCS/DRA

Numero de Visitantes
  796907  
Zonas
 

Açores
Corvo
Faial
Flores
Graciosa
Pico
Santa Maria
São Jorge
São Miguel
Terceira

 





 
 
 

  




 

HOMEQUEM SOMOSPROJETOS E AÇÕESCAMPANHASLEGISLAÇÃOLINKSCONTACTOSFORMULÁRIOS ONLINE

©2004-2020 Presidência do Governo dos Açores
Todos os Direitos Reservados

Portal do Governo dos Açores
Governo Regional dos Açores  UE