Áreas Protegidas  |  Rede Natura 2000  |  Património Mundial UNESCO  |  Reservas da Biosfera  |  Geoparque Açores  |  RAMSAR  |  Envolvimento Internacional  |  Espécies e Habitats



Destaques
 
Planos de Ação das Reservas da Biosfera de Corvo, Flores, Graciosa e Fajãs de São Jorge | Consulta Pública
 Mais »
Planos de Gestão das Áreas Terrestres dos Parques Naturais das Ilhas de São Miguel, Pico e Faial | Discussão Pública
 Mais »
Parques Naturais dos Açores
 Mais »
Plano Setorial da Rede Natura 2000
 Mais »
 
Últimos conteúdos
 
Graciosa duplica área candidatada à manu...
Região quer investir 43 milhões de euros...
Governo dos Açores inicia controlo mecân...
Marta Guerreiro sublinha investimento de...
 

Ponta Delgada 13-09-2017

Portal Educar para o Ambiente e a Sustentabilidade é mais um passo na divulgação de boas práticas e na participação ativa da população, garante Marta Guerreiro


A Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo afirmou, esta tarde, que o portal Educar para o Ambiente e a Sustentabilidade assume-se como uma plataforma de acesso facilitado à informação de promoção da sensibilidade ambiental através de uma maior participação pública, individual e coletiva.

Marta Guerreiro, que falava em Ponta Delgada no lançamento do portal, explicou que este é “mais um contributo para que se transforme a sustentabilidade de utopia em atitude, criando um espírito verde que seja agregador de todas as ilhas e setores de atividade”.

“Neste portal integra-se um conjunto vasto de informação e recursos, que vão desde as agendas dos programas Parque Escola e Parque Aberto, passando por recursos e conteúdos pedagógicos diversos, até aos contactos das Ecotecas e dos Centros Ambientais”, frisou a Secretária Regional.

Na véspera de se iniciar o ano letivo 2017/2018, a titular da pasta do ambiente acrescentou que, no ano passado, o programa Parque Escola mobilizou cerca de 17 mil participantes em 740 atividades, representando cerca de metade dos 36 mil participantes em mais de metade das 1.378 atividades desenvolvidas diretamente pelos serviços de educação ambiental dos Parques Naturais dos Açores.

“Estes números evidenciam um aumento de participação da população, tal como nas atividades realizadas, de 63% relativamente a 2014, que encaramos como um fator de entusiasmo adicional”, reforçou Marta Guerreiro.

Para além destes resultados “animadores", ao qual se junta o número crescente dos visitantes do Centros Ambientais, cerca de 400 mil em 2016, a governante realçou a “consolidação de outros programas como o “Eco-Freguesia, Freguesia Limpa”, o “Miosótis Açores” e o “Eco-Escola”, ou de projetos como o SIARAM (Sentir e Interpretar o Ambiente dos Açores através de Recursos Auxiliares de Multimédia), na promoção de boas práticas ambientais e de uma cidadania ativa na nossa Região.”

Na sua intervenção, a Secretária Regional lembrou o percurso que tem sido desenvolvido pelo Governo dos Açores no que diz respeito à estratégia de educação e sensibilização ambiental através de várias medidas, desde a Rede Regional de Ecotecas dos Açores, ao Plano Regional de Educação e Sensibilização Ambiental dos Açores e à Rede de Centros Ambientais, “que abrangem todas as ilhas dos Açores, e tem desenvolvido continuamente programas e projetos de Educação Ambiental”.

Marta Guerreiro acrescentou ainda que todas esta medidas “beneficiam também da criação dos Parques Naturais de Ilha e da Azorina que acompanharam um novo modelo operativo de toda estas estruturas, promovendo uma proximidade às populações e aos público-alvo”.

O portal pode ser acedido através de http://educarparaoambiente.azores.gov.pt/.

Autor: GaCS/HMB

Numero de Visitantes
  784842  
Zonas
 

Açores
Corvo
Faial
Flores
Graciosa
Pico
Santa Maria
São Jorge
São Miguel
Terceira

 





 
 
 

  




 

HOMEQUEM SOMOSPROJETOS E AÇÕESCAMPANHASLEGISLAÇÃOLINKSCONTACTOSFORMULÁRIOS ONLINE

©2004-2020 Presidência do Governo dos Açores
Todos os Direitos Reservados

Portal do Governo dos Açores
Governo Regional dos Açores  UE