Áreas Protegidas  |  Rede Natura 2000  |  Património Mundial UNESCO  |  Reservas da Biosfera  |  Geoparque Açores  |  RAMSAR  |  Envolvimento Internacional  |  Espécies e Habitats



Destaques
 
Parques Naturais dos Açores
 Mais »
Plano Setorial da Rede Natura 2000
 Mais »
 
Últimos conteúdos
 
Jornadas Técnicas e Informativas do proj...
Açores renovam a Carta Europeia de Turis...
Dia Internacional das Reservas da Biosfe...
Curso de Guias de Parques Naturais é mai...
 

09-10-2017

Curso de Guias de Parques Naturais é mais um caminho na qualificação dos recursos humanos para a promoção do património ambiental


A Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo afirmou sábado que o Curso de Guias de Parques Naturais dos Açores é “mais um caminho” na qualificação de recursos humanos e dos serviços prestados aos visitantes com vista “à promoção do património natural”, numa perspetiva de "gestão sustentável do território e de valorização do turismo de natureza”.

Marta Guerreiro falava em Angra do Heroísmo na abertura deste curso na ilha Terceira, uma iniciativa que, segundo frisou, “se pretende que chegue a todas as ilhas do arquipélago”.

“Iniciámos, em 2016, a realização deste curso nas ilhas do Pico, Faial e São Miguel, a que se juntam este ano a Terceira, a Graciosa e São Jorge, e, no início de 2018, as Flores, o Corvo e Santa Maria”, salientou a Secretária Regional.

Marta Guerreiro afirmou que “estes cursos vão certificar profissionais para acompanharem e guiarem grupos de visitantes às áreas protegidas, bem como para partilharem a interpretação ambiental e cultural do meio envolvente, dando seguimento ao processo de melhoria dos serviços dos Parques Naturais dos Açores”.

“É imperativo que todos os ativos, das mais diversas atividades, possam ter acesso a informações sobre o património natural e histórico-cultural, noções de comunicação e turismo, orientação e técnicas de socorrismo e resgate”, disse.

Na sua intervenção, a Secretária Regional relembrou que, este ano, o Governo dos Açores “aumentou em 25% o efetivo do corpo de Vigilantes da Natureza, passando de 32 para 40 elementos”, sendo este “mais um passo no quadro da estratégia de desenvolvimento sustentável que estamos a implementar nos Açores, ao qual juntamos os processos de elaboração dos Planos de Gestão dos Parques Naturais de Ilha e dos Planos de Ação das Reservas da Biosfera, desencadeados este ano por esta Secretaria Regional, e a concluir em 2018”.

Marta Guerreiro frisou que os Planos de Gestão dos Parques Naturais de Ilha são "instrumentos que permitirão diagnosticar os valores e as ameaças presentes em cada área protegida”, estabelecendo objetivos de gestão, enquanto os Planos de Ação das Reservas da Biosfera vão “contribuir para melhorar o bem-estar cultural, a qualidade de vida e as condições socioeconómicas das comunidades das quatro Reservas da Biosfera, assegurando, igualmente, a conservação e o uso sustentável dos seus recursos naturais, com especial relevo para a biodiversidade endémica e autóctone”

“Acreditamos que temos vindo a consolidar uma estratégia que tem elevado o reconhecimento da Região pelas questões ambientais, quer pelos Açorianos, quer por aqueles que nos procuram e chegam aos Açores”, afirmou Marta Guerreiro.

Autor: GaCS/HMB

Numero de Visitantes
  460442  
Zonas
 

Açores
Corvo
Faial
Flores
Graciosa
Pico
Santa Maria
São Jorge
São Miguel
Terceira

 





 
 
 

  


 
 

HOMEQUEM SOMOSPROJETOS E AÇÕESCAMPANHASLEGISLAÇÃOLINKSCONTACTOSFORMULÁRIOS ONLINE

©2004-2017 Presidência do Governo dos Açores
Todos os Direitos Reservados

Portal do Governo dos Açores
Governo Regional dos Açores  UE