Áreas Protegidas  |  Rede Natura 2000  |  Património Mundial UNESCO  |  Reservas da Biosfera  |  Geoparque Açores  |  RAMSAR  |  Envolvimento Internacional  |  Espécies e Habitats



Destaques
 
Parques Naturais dos Açores
 Mais »
Plano Setorial da Rede Natura 2000
 Mais »
 
Últimos conteúdos
 
Diretor Regional do Ambiente defende dis...
Parques Naturais dos Açores assinalam Di...
Vigilante da Natureza Júnior dos Açores ...
Candidaturas aos prémios “Espírito Verde...
 

Lajes das Flores 18-09-2014

Governo dos Açores implementa programa de plantação de Miosótis em meio natural


O Governo dos Açores, através do Jardim Botânico do Faial e do Parque Natural da Ilha das Flores, iniciou um programa de plantação de Miosótis (Myosotis azorica) na ilha das Flores, onde esta planta endémica rara das ilhas do Grupo Ocidental foi considerada extinta durante alguns anos.

O Secretário Regional da Agricultura e Ambiente frisou que “graças ao trabalho” desenvolvido pelo Jardim Botânico do Faial foi possível este ano replicar 60 exemplares, dos quais 15 foram transportados para a ilha das Flores para plantação em meio natural, tendo em vista o seu crescimento e propagação, que serão seguidas “de perto”.

“No fundo, estamos a devolver à Natureza das Flores uma planta que é originária daqui”, salientou Luís Neto Viveiros, acrescentando que este programa se vai estender ao Corvo, onde foram recentemente localizados alguns exemplares de ‘Não-me-esqueças’, como é popularmente conhecida esta espécie de miosótis.

Na ação de colheita de sementes e monitorização e reconhecimento de espécies raras de plantas e dos locais da sua ocorrência foram abrangidas duas áreas, uma na zona costeira perto da Vila do Corvo e outra em altitude.

No total, foram recolhidas sementes de nove espécies de plantas, entre as quais algumas das mais raras e ameaçadas dos Açores, como, além da Myosotis azorica, a Veronica Dabneyi, a Cerastium azoricum e a Myosotis maritima.

Foram também identificadas e recolhidas sementes de duas espécies que não estavam registadas para a ilha do Corvo, nomeadamente o Ophioglossum azoricum e o Ammi trifoliatum.

Além da importância científica e de conservação destas espécies no Banco de Sementes dos Açores, o conhecimento adquirido é considerado essencial para a determinação de ações direcionadas à proteção dos habitats e das espécies 'in situ', contribuindo assim para a sobrevivência das espécies.

Estas ações são englobadas em planos de recuperação das espécies e habitats prioritários da Região, desenvolvidos pelo Governo dos Açores em todo o arquipélago.

Autor: GaCS/OG

Numero de Visitantes
  742359  
Zonas
 

Açores
Corvo
Faial
Flores
Graciosa
Pico
Santa Maria
São Jorge
São Miguel
Terceira

 





 
 
 

  




 

HOMEQUEM SOMOSPROJETOS E AÇÕESCAMPANHASLEGISLAÇÃOLINKSCONTACTOSFORMULÁRIOS ONLINE

©2004-2019 Presidência do Governo dos Açores
Todos os Direitos Reservados

Portal do Governo dos Açores
Governo Regional dos Açores  UE