Áreas Protegidas  |  Rede Natura 2000  |  Património Mundial UNESCO  |  Reservas da Biosfera  |  Geoparque Açores  |  RAMSAR  |  Envolvimento Internacional  |  Espécies e Habitats



Destaques
 
Parques Naturais dos Açores
 Mais »
Plano Setorial da Rede Natura 2000
 Mais »
 
Últimos conteúdos
 
Jornadas Técnicas e Informativas do proj...
Açores renovam a Carta Europeia de Turis...
Dia Internacional das Reservas da Biosfe...
Curso de Guias de Parques Naturais é mai...
 
Reserva da Biosfera das Fajãs de São Jorge
  

A Reserva da Biosfera das Fajãs de São Jorge tem uma área total de 98.114, 17 ha, correspondendo a todo o espaço terrestre da ilha de São Jorge e a uma área marinha envolvente, cujo limite exterior dista 3 milhas da linha de costa.

A ilha de São Jorge apresenta uma extensa linha de costa, em resultado da sua configuração alongada e o aspeto montanhoso é devido sobretudo às arribas escarpadas, principalmente na costa norte, o que torna a paisagem mais abrupta. A par dos vales encaixados existem outros que nem chegam a atingir o nível do mar, ficando suspensos no alto da arriba dando origem a magníficas cascatas. Na orla costeira surgem pontualmente superfícies planas, designadas fajãs (fajãs de talude e fajãs lávicas) que constituem uma característica diferenciadora da ilha, pela relação equilibrada entre o homem e a natureza e pelas vivências únicas, paisagens e biodiversidade. Os costumes associados às fajãs, singulares nos Açores, foram sendo consolidados ao longo dos anos, resultando numa especificidade cultural que se mantém até aos dias de hoje.

Zonamento da Reserva da Biosfera



Ecossistemas

A situação atual é a de uma paisagem fortemente humanizada, mas retendo ainda zonas de habitats pouco intervencionados, particularmente nas zonas de altitude e nas zonas baixas mas de difícil acesso, como as arribas e ilhéus.

Na zona alta ocorre uma diversidade de comunidades húmidas que são vitais para o equilíbrio hídrico da ilha e ainda bolsas de habitats naturais de elevada importância ecológica, bem como sistemas mistos de uso que contemplam uma importante integração com os sistemas naturais. Em termos de formações naturais dominam Bosques de cedro, Florestas de Ilex azorica (azevinho) e Ericais.

No que respeita às arribas e à zona costeira da ilha, estas têm também preservadas bolsas de vegetação natural, contendo espécies endémicas algumas com alto valor de conservação.

De grande importância ecológica é o sítio das Fajãs da Caldeira de Santo Cristo e dos Cubres, onde os sistemas lagunares presentes constituem exemplos únicos ou raros nos Açores e na região biogeográfica da Macaronésia.

Espécies


Ao nível da biodiversidade, São Jorge é uma ilha bastante rica, e no que respeita a fauna e flora alberga um número considerável de endemismos regionais, divididos por vários grupos de organismos, nomeadamente mamíferos (1), aves (9), moluscos (25), artrópodes (86), plantas vasculares (56) e briófitos (3), sendo que grande parte destas espécies possui estatuto de conservação.

Destacam-se as espécies endémicas de São Jorge, nomeadamente Cixius azopifajo azojo (cigarrinha–das-árvores), Acorigone zebraneus (aranha), Cheiracanthium jorgense (aranha caçadora de São Jorge) e Pseudoblothrus oromii (Pseudescorpião cavernícola), Hadena azorica (traça), Trechus isabelae (carocho cavernícola) e Trechus jorgensis (carocho cavernícola), que constituem um valioso património natural.

Em 2013 foi redescoberta uma espécie rara de orquídea, Platanthera azorica, cuja população está confinada ao Pico da Esperança (ponto mais alto de São Jorge com 1053 metros), na cordilheira central da ilha. 

A posição da ilha no meio do oceano e as características das suas zonas costeiras conferem-lhe um papel importante como ponto de repouso e alimentação de várias espécies de aves migradoras aquáticas e marinhas.


Numero de Visitantes
  460439  
Zonas
 

Açores
Corvo
Faial
Flores
Graciosa
Pico
Santa Maria
São Jorge
São Miguel
Terceira

 





 
 
 

  


 
 

HOMEQUEM SOMOSPROJETOS E AÇÕESCAMPANHASLEGISLAÇÃOLINKSCONTACTOSFORMULÁRIOS ONLINE

©2004-2017 Presidência do Governo dos Açores
Todos os Direitos Reservados

Portal do Governo dos Açores
Governo Regional dos Açores  UE