Destaques
 
Alteração do Plano Regional da Água da Região Autónoma dos Açores
 Mais »
Plano de Gestão da Região Hidrográfica Açores 2016-2021
 Mais »
 
Últimos conteúdos
 
Participação Pública | Questões Signific...
Avaliação do estado dos cursos de água n...
Relatório do Estado das Ribeiras dos Aço...
Avaliação Intercalar do Programa de Medi...
 

Proposta de definição de ecótipos e classificação preliminar do estado ecológico das Lagoas dos Açores


Gonçalves, V.;  Raposeiro, P. M.;  Porteiro, J.;  Alves, M. H. e  Medeiros, M. C. (2006). Proposta de definição de ecótipos e classificação preliminar do estado ecológico das Lagoas dos Açores (Comunicação). 8º Congresso da Água. Figueira da Foz.


Resumo

O objectivo da Directiva-Quadro da Água - 2000/60/CE - (DQA) consiste em alcançar, até 2015, o bom estado ecológico ou o bom potencial ecológico de todas as massas de água. Sendo o estado ecológico de uma determinada massa de água expresso em função do desvio (desvio ecológico) relativamente às comunidades biológicas de uma massa de água com as mesmas características (ecótipo), em condições pristinas (estado ecológico de referência), a definição de ecótipos e de locais de referência e a sua respectiva caracterização biológica são etapas fundamentais na avaliação do estado ecológico e, consequentemente, na implementação da DQA.

O Arquipélago dos Açores é particularmente rico em massas de água interiores de superfície, devido à geomorfologia vulcânica e às condições edafoclimáticas que prevalecem em altitude. As lagoas, que ocorrem em cinco das nove ilhas, são dos elementos mais emblemáticos da paisagem açoriana. No entanto, estes ecossistemas têm vindo a sofrer um processo de eutrofização originado pela intensiva exploração agro-pecuária no seio das respectivas bacias hidrográficas. A urbanização, a utilização abusiva da água para diversos usos e o crescimento do turismo constituem também pressões a assinalar.

Com objectivo de classificar o estado ecológico das lagoas dos Açores, propõem-se neste trabalho uma tipologia para as lagoas açorianas, identificam-se as massas de água de referência e seleccionam-se as métricas que melhor se ajustam às pressões identificadas. A metodologia desenvolvida, apesar de condicionada pela reduzida quantidade de informação de base, produziu resultados consistentes, é de simples aplicação e pode constituir uma ferramenta fundamental para a rede de monitorização da qualidade da água da Região Hidrográfica Arquipélago dos Açores (RH 9).

Para aceder ao documento clique aqui

Numero de Visitantes
  2570277  
Pesquisa
 
 
Zonas
 

Açores
Corvo
Faial
Flores
Graciosa
Pico
Santa Maria
São Jorge
São Miguel
Terceira

 

  











 

HOMEPLANEAMENTOGESTÃOLICENCIAMENTOMONITORIZAÇÃOPROJETOSSISTEMAS DE INFORMAÇÃOLEGISLAÇÃOPUBLICAÇÕESCONTACTOS

©2004-2020 Presidência do Governo dos Açores
Todos os Direitos Reservados

Portal do Governo dos Açores
Governo Regional dos Açores  UE