Destaques
 
Plano de Gestão da Região Hidrográfica Açores 2016-2021
 Mais »
 
Últimos conteúdos
 
Governo Regional investiu 30 milhões de ...
Relatório do Estado das Ribeiras dos Aço...
Monitorização da Qualidade da Água das L...
Relatório do Estado das Ribeiras dos Aço...
 
Plano de Gestão da Região Hidrográfica dos Açores 2016-2021 (PGRH-Açores 2016-2021)

A Diretiva 2000/60/CE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 23 de outubro, ou Diretiva Quadro da Água (DQA), estabelece um quadro de ação comunitária no domínio da política da água, tendo sido transposta para a ordem jurídica nacional pela Lei n.º 58/2005, de 29 de dezembro (Lei da Água - LA) e pelo Decreto-Lei n.º 77/2006, de 30 de março.

Este conjunto normativo determina que cada Estado-Membro assegurasse até 2009 a elaboração de um Plano de Gestão para cada Região Hidrográfica (PGRH), os quais são instrumentos de planeamento das águas que têm por objetivo constituírem-se como a base de suporte à gestão, à proteção e à valorização ambiental, social e económica das águas, devendo incluir um programa de medidas que garanta a prossecução dos objetivos ambientais estabelecidos na Diretiva.

De acordo com o cronograma de implementação da DQA e LA, o planeamento e gestão dos recursos hídricos está estruturado em ciclos de 6 anos, sendo que os primeiros planos de gestão de região hidrográfica deveriam ter sido aprovados em 2009 e todas as medidas preconizadas nos mesmos deveriam estar operacionais o mais tardar até 2012.

1º ciclo de planeamento | 2009-2015
No caso da Região Autónoma dos Açores (RAA), compete à então Secretaria Regional dos Recursos Naturais/Direção Regional do Ambiente a elaboração do Plano de Gestão da Região Hidrográfica dos Açores (PGRH-Açores). Em novembro de 2011 foi concluído o 1º Plano de Gestão de Região Hidrográfica dos Açores (PGRH-Açores) no prazo assumido e em consonância com as restantes regiões hidrográficas de Portugal continental.

2º ciclo de planeamento | 2016-2021
No que respeita ao 2º ciclo de planeamento, cumprindo o calendário da DQA/ LA, o processo de revisão de um ciclo de planos inicia-se três anos antes da sua entrada em vigor, por forma a preparar, atempadamente, os PGRH que irão vigorar entre 2016 e 2021.

A elaboração do PGRH-Açores, a vigorar em 2016 e 2012, constituirá uma revisão dos planos do 1º ciclo vigentes até 2015, será efetuada em diversas fases e decorrerá ao longo de 36 meses, entre janeiro de 2013 e dezembro de 2015, cumprindo o calendário e a disponibilização a informação previstos na DQA/LA, em concreto:

  • O calendário e programa de trabalhos para a elaboração do plano, até três anos antes do início do PGRH - 2013;
  • A síntese das Questões Significativas relativas à Gestão da Água (QSiGA) identificadas na região hidrográfica até dois anos antes do início do PGRH - 2014;
  • O projeto do PGRH até um ano antes do início do PGRH - 2015.

Assim, na Região, em 2013, ocorreram 2 momentos de consulta pública relativos ao ciclo de planeamento que agora se inicia, por um período mínimo de 6 meses, o Calendário e Programa de Trabalhos e a revisão das Questões Significativas a considerar no âmbito da gestão da água (QSiGA). O processo de revisão das QSiGA decorreu de maio a novembro de 2013.

O processo de revisão do Plano de Gestão da Região Hidrográfica dos Açores para vigorar no período de 2016 a 2021 (PGRH-Açores 2016-2021) foi determinado pela Resolução do Conselho do Governo n.º 40/2013, de 29 de abril.

Posteriormente, a Resolução do Conselho do Governo n.º 54/2015, de 30 de março, conferiu ao PGRH-Açores 2016-2021 a forma de plano sectorial, nos termos do regime jurídico dos instrumentos de gestão territorial, aprovado pelo Decreto Legislativo Regional n.º 35/2012/A, de 16 de agosto.

A consulta pública do PGRH-Açores 2016-2021, no âmbito da Lei da Água, teve início no dia 1 de julho de 2015, por um período de 6 meses, com a disponibilização dos documentos no sítio eletrónico e em suporte de papel em cada uma das sedes dos Serviços de Ambiente de Ilha e na Direção de Serviços de Recursos Hídricos e Ordenamento do Território. Por forma a esclarecer os aspetos mais importantes da proposta do PGRH-Açores 2016-2021 foram realizadas 3 sessões de esclarecimento em três ilhas; na ilha das Flores, na ilha do Pico e na ilha de São Miguel.

Em resultado, o Decreto Legislativo Regional n.º 1-A/2017/A, de 6 de fevereiro, procedeu à  aprovação do Plano de Gestão da Região Hidrográfica dos Açores 2016-2021.

Consulte os documentos abaixo para mais informação relativa ao PGRH-Açores (2016-2021). 

    • Resumo Não Técnico

    • Relatório Técnico
    Capítulo 1 - Enquadramento e aspetos gerais
    Capítulo 2 - Caraterização e diagnóstico da situação de referência
                              Volume 1 - Santa Maria
                              Volume 2 - São Miguel
                              Volume 3 - Terceira
                              Volume 4 - Graciosa
                              Volume 5 - São Jorge
                              Volume 6 - Pico
                              Volume 7 - Faial
                              Volume 8 - Flores
                              Volume 9 - Corvo
    Capítulo 3 - Síntese da caraterização e diagnóstico
    Capítulo 4 - Cenários prospetivos
    Capítulo 5 - Objetivos
    Capítulo 6 - Programa de medidas
    Capítulo 7 - Sistema de Promoção, de Acompanhamento e de Avaliação
    Parte Complementar B - Plano de Participação Pública

    • Relatório Síntese

    AVALIAÇÃO AMBIENTAL ESTRATÉGICA

    • Relatório Ambiental Final | Anexo I | Anexo II
    • Declaração Ambiental


Numero de Visitantes
  2215960  
Pesquisa
 
 
Zonas
 

Açores
Corvo
Faial
Flores
Graciosa
Pico
Santa Maria
São Jorge
São Miguel
Terceira

 





 





  


 

HOMEPLANEAMENTOGESTÃOLICENCIAMENTOMONITORIZAÇÃOPROJETOSSISTEMAS DE INFORMAÇÃOLEGISLAÇÃOPUBLICAÇÕESCONTACTOS

©2004-2018 Presidência do Governo dos Açores
Todos os Direitos Reservados

Portal do Governo dos Açores
Governo Regional dos Açores  UE