FREGUESIAS  |  TRADIÇÃO E PRODUTOS TÍPICOS  |  ONDE DORMIR  |  ONDE COMER  |  O QUE FAZER  |  ITINERÁRIOS  |  COMO CHEGAR
1
Últimos conteúdos
 
Conferência EUROPARC 2017 - Montanhas Má...
Governo dos Açores abre nova fase de can...
III Fórum 2016 Notícia
III Fórum 2016
 
Destaques
 
Conferência EUROPARC 2017 - Montanhas Mágicas
 Mais »
III Fórum de Renovação da Carta Europeia de Turismo Sustentável
 Mais »
Agenda das Terras do Priolo - Outubro
 Mais »
Dia do Milho
 Mais »
 
Santana

Santana, atualmente com 475 habitantes, foi constituída freguesia em 1960. Deve o seu nome ao primitivo templo de Santa’Ana, construído no lugar da Feteira Pequena para assistência espiritual da população. No séc. XIX, a ermida era manifestamente insuficiente e encontrava-se num estado de conservação lastimável. Foi remodelado e ampliado e substituído pelo atual em 1869.

Os lugares de Feteira Grande e Feteira Pequena, que constituem a freguesia, eram designados “por serem terra de muitos fetos”. Em tempos, foram símbolos desta freguesia o fabrico da telha e da cal, ambos matéria primas para a construção de habitações e edifícios.

O que visitar:

* Igreja de Sant'Ana
No séc. XIX a ermida desta freguesia era claramente insuficiente e estava em estado lamentável. Remodelou-se e ampliou-se assim o velho Templo que veio a ser substituído pelo atual, em 1869. Encontra-se inscrito na sua fachada “S.S ANNA” e a data “1869”. Localiza-se no Largo João Jacinto Pacheco.



* Triato do Espírito Santo (3)
Os Triatos do Espírito Santo estão associados às festividades em honra do Divino Espírito Santo. Destinam-se à exposição dos símbolos do Espírito Santo nomeadamente a coroa real encimada por uma pomba, a bandeira, o ceptro, o estandarte e as varas. São construídos em planta retangular possuindo um só piso. Em Santana existem 3 triatos:

1. Localiza-se no Largo da Cruz. Ostenta na sua fachada a inscrição “1891” e um dos símbolos do Divino Espírito Santo esculpido em rocha basáltica, a coroa. No topo encontra-se uma cruz também esculpida em basalto.
2. Localiza-se na Rua Direita. Está encimado por uma cruz em rocha basáltica.
3. Localiza-se na Rua das Almas. Ostenta na sua fachada a inscrição “1881” e está encimado por uma cruz de pedra.

    

* Fontanários (18)
Os fontanários outrora desempenharam um papel importante na vida diária das populações. Antes de existir água canalizada os fontanários permitiam o abastecimento de água às diversas localidades. São 18 os fontanários que existem em Santana:

1. Localiza-se na Rua das Almas e ostenta na sua fachada a inscrição “1963”. O muro é de cantaria à vista onde se verifica o contraste entre a rocha negra vulcânica e a cal branca.
2. Localiza-se na Rua da Rocha. Ostenta na sua fachada as inscrições “[1]9[6]3” e “C[M]N”. Está situado numa reentrância da rua, ladeado por um muro em cantaria à vista.
3. Localiza-se na Estrada Regional. Insere-se num muro e está ornamentado com azulejos brancos e ladeado por dois pequenos bancos encastrados.
4. Localiza-se na Rua do Engenho. Ostenta na fachada as inscrições “CMN” e “196[3]”. É ladeado por um muro em cantaria à vista.
5. Localiza-se na Rua do Calço, à beira da rua bastante inclinada. Ostenta na sua fachada as inscrições “1963” e “[CM]N”.
6. Localiza-se na Rua da Cruz junto de um muro com cantaria à vista. Ostenta na sua fachada as inscrições “CMN” e “19[6]3”.
7. Localiza-se na Rua da Igreja e ostenta na sua fachada a inscrição “1[9]6[3]”.
8. Localiza-se na Rua do Engenho. Está inserido num muro, pintado de branco com a bacia em rocha basáltica.
9. Localiza-se na Rua do Calço, inserido num muro de suporte do terreno posterior. O corpo principal do fontanário é de pequena dimensão de rocha basáltica.
10. Localiza-se na Rua das Almas e ostenta na sua fachada a inscrição “19[6]3. Localiza-se junto a um muro com cantaria à vista.
11. Estrutura inserida num muro formando um nicho, localizada na Rua do Engenho. Pintado de branco contrastando com a rocha escura vulcânica (Basalto).
12. Localiza-se na Rua do Valverde numa reentrância da rua. Ladeado por um muro de pedra.
13. Localiza-se na Rua do Engenho. Ostenta a sua fachada a inscrição “1963”. O muro que o rodeia é em cantaria à vista.
14. Localiza-se na Rua da Rocha. Ostenta na sua fachada a inscrição “CMN”. Todo feito em rocha basáltica.
15. Estrutura em arco localizada na Estrada Regional de Santana. O muro envolvente é feito em cantaria à vista. A bacia é feita de rocha basáltica. É um fontanário do tipo nicho.
16. Localiza-se na Rua das Almas, numa reentrância da estrada e ostenta na sua fachada as inscrições “19[63]” e “[C]M[N[”.
17. Localiza-se junto às antigas pias de lavar roupa na Rua da Rocha. Estrutura em rocha basáltica.
18. Localiza-se no Largo da Cruz junto a um Triato do Espírito Santo.

     
        
      
     
     
     

* Coreto
Coretos abrigam bandas musicais em concertos, festas e outras diversões. São símbolo de festa e continuam a ser nos dias de hoje, um palco de atuações, importante para muitas comunidades. Localiza-se no Jardim Público Padre Francisco Moniz da Silva Furtado, na Rua da Igreja e foi inaugurado em 23 de novembro de 1997. Possui cobertura em telha.

* Pias antigas
As pias de lavar roupa ou tanques constituem vestígios do passado. Quando a urbanização se intensificou, os municípios construíram pias públicas para que as pessoas sem grandes posses, não tivessem que se deslocar para as ribeiras ou outros locais onde fosse possível fazer esse trabalho. Localizadas na Rua da Rocha, hoje sem utilidade.



* Forno de Cal
Construído em 1908, este Forno de Cal foi durante muito tempo um instrumento económico local muito importante para o desenvolvimento comercial e industrial. Foi muito bem recuperado e deu lugar a uma churrasqueira que atualmente se encontra encerrada. É pertença de privados.



* Miradouro do Pesqueiro
Situado no lugar da Feteira Grande, este miradouro tem vista para o mar, onde repousa a costa norte do concelho e o calhau, que há relativamente pouco tempo era local de pescaria e de apanha de lapas. A sul avistam-se as montanhas e o Pico da Vara. Dispõe de uma zona para piqueniques, instalações sanitárias e um pequeno parque infantil, com baloiços e escorrega.



* Jardim Público Padre Francisco Moniz da Silva Furtado
Localiza-se na Rua da Igreja na zona da Feteira Pequena. É um pequeno jardim com um coreto no centro, bancos, canteiros floridos e algumas árvores a oferecer sombra.



* Parque de Merendas do Miradouro do Pesqueiro
Situado no miradouro do Pesqueiro, é um amplo espaço verde com palheiros, churrasqueiras, mesas e bancos em pedra.




< Voltar à página anterior


 

INÍCIORENOVAÇÃO CETSCETSÁREAS PROTEGIDASAÇÕES DE CONSERVAÇÃOCENTROS DE INTERPRETAÇÃOMARCA PRIOLONOTÍCIAS

©2004-2019 Presidência do Governo dos Açores
Todos os Direitos Reservados

Portal do Governo dos Açores
Governo Regional dos Açores  UE