Proteção Radiológica  |  PRAC  |  Avaliação Ambiental  |  Licenciamento Ambiental  |  PRTR  |  Emissões Atmosféricas  |  Qualidade do Ar Ambiente  |  Térmitas  |  Ruído  |  Extracção de Inertes



Destaques
 
Inventário Regional de Emissões de Poluentes Atmosféricos - IRERPA
 Mais »
Relatórios da Qualidade do Ar
 Mais »
Relatórios do Estado do Ambiente
 Mais »
Relatórios de Implementação do PRTR na RAA
 Mais »
 
Últimos conteúdos
 
Mapa de Site
Início prazo preenchimento RAA 2018
IRERPA2018
Relatório da Qualidade do Ar 2018
 

Perguntas frequentes


SÓ DEVEREI REALIZAR A CORREÇÃO TONAL OU IMPULSIVA NA AVALIAÇÃO DO CRITÉRIO DE INCOMODIDADE?

Não. Apesar do RGRA, fazer alusão explícita à necessidade de correção tonal ou impulsiva no valor do nível sonoro contínuo equivalente LAeq, do ruído ambiente determinado durante a ocorrência do ruído particular, na avaliação do critério de incomodidade, estando omisso na avaliação do critério de exposição máxima, a correção tonal ou impulsiva deve ser realizada sempre que for detetada a existência de componentes tonais ou impulsivas no ruído ambiente. Assim, para o efeito, é necessário calcular o valor do nível de avaliação LAr,T = LAeq,T + K1+K2, onde K1 é a correção tonal e K2 é a correção impulsiva, determinadoas nos seguintes termos:
a) As correções tonal e impulsiva assumem os valores de K1 = 3 dB (A) ou K2 = 3 dB(A), se for detetado que as componentes tonais ou impulsivas, respetivamente, são características do ruído particular;
b) As correções tonal e impulsiva assumem os valores de K1 = 0 dB(A) ou K2 = 0 dB(A), se as respetivas componentes não forem identificadas;
c) Caso se verifique a coexistência de componentes tonais e impulsivas, a coreção a adicionar é de K1+K2=6 dB(A).

Numero de Visitantes
  885271  
Zonas
 

Açores
Corvo
Faial
Flores
Graciosa
Pico
Santa Maria
São Jorge
São Miguel
Terceira

 

 

 


14 de agosto de 2019

Muito Bom








 
 

HOMEMAPA DE SITEMISSÃOCONSULTAS PÚBLICASLEGISLAÇÃOBIBLIOTECA DIGITALPERGUNTAS FREQUENTESCONTACTOSFORMULÁRIOS ONLINE

©2004-2019 Presidência do Governo dos Açores
Todos os Direitos Reservados

Portal do Governo dos Açores
Governo Regional dos Açores  UE