Proenergia  |  Certificação energética de edifícios  |  Unidades de Produção  |  Mobilidade eléctrica  |  Combustíveis  |  Electricidade  |  Ascensores  |  Eficiência Energética
Destaques
 
Brochura Mobilidade Elétrica
 Mais »
Relatório de Resultados do Programa ProEnergia
 Mais »
Relatório Anual Consumos Energéticos nos Edifícios Públicos
 Mais »
PMEA - Plano para a Mobilidade Elétrica nos Açores
 Mais »
 
Últimos conteúdos
 
Diretora Regional da Energia destaca “pa...
Governo Regional contribui para a reduçã...
Governo dos Açores pretende melhorar o d...
Legislação Mobilidade Elétrica
 

Lajes das Flores 16-03-2018

Diretora Regional da Energia destaca envolvimento da população na sessão de esclarecimento sobre o projeto de aproveitamento hidroelétrico da Ribeira Grande, nas Flores


A Diretora Regional da Energia salientou a grande envolvência da população na sessão de esclarecimento sobre o projeto de aproveitamento hidroelétrico da Ribeira Grande, nas Flores, em prol de um objetivo comum que permita a sustentabilidade económica e ambiental desta ilha.

Andreia Carreiro afirmou que a sessão de esclarecimento que decorreu quinta-feira nas Lajes das Flores e que contou com a presença de representantes da EDA Renováveis e da COBA - Consultores de Engenharia e Ambiente, que elaborou o projeto e o estudo de impacte ambiental, teve como principal objetivo “explicar em detalhe o projeto, acolhendo os contributos da população”.

Nesse sentido, durante a sessão foram esclarecidas preocupações que se prenderam, essencialmente, com temáticas associadas ao ruído e à preservação da paisagem.

A Diretora Regional frisou que este é um projeto que “permite uma maior integração de fontes renováveis”, prevendo-se que a entrada em funcionamento da Central Hídrica da Ribeira Grande potencie a produção de energia elétrica 100% renovável na ilha das Flores, em determinados períodos.

“Esta expressão dá-se em determinados períodos, uma vez que os recursos hídricos representarão cerca de 90% do total da produção de energia da ilha, esperando-se que o contributo anual da central possa ascender a 5,6GWh/ano, possibilitando um aumento da produção hídrica existente nas Flores na ordem dos 45 p.p.”, afirmou Andreia Carreiro.

Para a Diretora Regional, este é um fator determinante para "um desenvolvimento mais descarbonizado da ilha das Flores, bem como dos Açores, fomentando a sua imagem como produto de natureza”.

“Incrementamos, assim, o posicionamento das Flores como exemplo a seguir no contexto dos espaços insulares, ao nível da valorização do seu potencial endógeno e dos seus recursos naturais para a produção de energia”, disse.

Esta central hídrica será implantada na costa leste da ilha, próximo da localidade da Fajãzinha, na margem esquerda da Ribeira Grande, fora dos limites da área urbana e próxima do mar, sendo acessível a partir dessa localidade, através de um trajeto existente ao longo da margem esquerda da ribeira.

O licenciamento do projeto avançou após a emissão de uma Declaração de Impacte Ambiental Favorável Condicionada por parte da Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo.

Autor: DREn/GaCS

Numero de Visitantes
  664404  
Pesquisa
 
 
Zonas
 

Açores
Corvo
Faial
Flores
Graciosa
Pico
Santa Maria
São Jorge
São Miguel
Terceira

 

Balcão Virtual

Votação
 
Como avalia o portal da DREn?



 
   

 

HOMEPOLÍTICA ENERGÉTICALEGISLAÇÃOFAQSCOOPERAÇÃO EXTERNACONTACTOSORGANOGRAMA

©2004-2019 Presidência do Governo dos Açores
Todos os Direitos Reservados

Portal do Governo dos Açores
Governo Regional dos Açores  UE