Instrumentos Gestão  |  Licenciamentos  |  Domínio Público Marítimo  |  Intervenções  |  Atividades Marítimas  |  Zonas Balneares  |  Quality Coast  |  Biodiversidade Marinha  |  Áreas Marinhas







 

Contas de Gerência


Contratação Pública




Destaques
 
Águas Balneares | Açores 2014
 Mais »
Parque Marinho dos Açores
 Mais »
 
Últimos conteúdos
 
23 outubro 2019
Em Consulta Pública: Avaliação do estado...
Consulta Pública das águas balneares a i...
Contratação Pública
 

São Miguel 08-06-2012


A Região Autónoma dos Açores vai acolher, no próximo ano, a realização dos ISA World Surfing Games, prova reconhecida pelo Comité Olímpico Internacional e considerada as olimpíadas dos desportos de ondas, anunciou, hoje, a Secretária Regional da Economia.

Luisa Schanderl, que falava na apresentação do SATA Airlines Azores Pro, prova do calendário mundial de surf de qualificação, considerou que a realização dos World Surfing Games nos Açores vem “consolidar o investimento que tem sido feito pelo Governo dos Açores nestes desportos, mas também reafirmar a estratégia na promoção do destino criando notoriedade para o arquipélago pela via dos eventos internacionais de referência e, por outro lado na qualificação da nossa oferta com a aposta em produtos diferenciados, de grande mais-valia e com elevada repercussão económica”.

Os World Surfing Games envolvem seleções de mais de três dezenas de países e cerca de 250 atletas a que se juntam os restantes elementos das comitivas.

A Secretária Regional da Economia recordou que “nos últimos anos o Governo Regional tem feito um investimento anual de cerca de 3 Milhões de euros no apoio a diversas iniciativas de promotores privados na realização de provas desportivas, eventos, ações promocionais e outras que têm projetado o nome dos Açores nos quatro cantos do mundo e, ao mesmo tempo e não menos importante, têm servido como importantes motores de dinamização da economia local pelo elevado número de participantes e espectadores que têm trazido à região”.

Assim, referiu, “nos últimos três anos, em média, mais de 650 pessoas estiveram envolvidas nestes eventos dedicados ao surf. O retorno financeiro direto destas provas, que engloba deslocações, estadias e aquisição de serviços como rent-a-car e outros, está avaliado em cerca de 1 Milhão de euros anuais. Mais de 3 Milhões de internautas acedem anualmente ao site e à transmissão live das provas do campeonato do mundo de surf. E o retorno da exposição mediática dos eventos, com as diversas notícias, artigos e programas em televisão, está avaliado em 3,5 Milhões de euros anuais”.

Nesta estratégia insere-se também, revelou, “a campanha a desenvolver em conjunto com a SATA de promoção dos Açores como destino Surf no mercado da costa leste dos Estados Unidos, que engloba diversas ações comerciais e promocionais e que terá início ainda este mês”.

Segundo Luisa Schanderl, “esta é uma aposta no que nos diferencia e qualifica como destino. Um destino que é de natureza, mas também de cultura. Um destino de tradição, história e património, mas sobretudo de mar”.

“O mar dos Açores que, de destino de iatismo, passou, em 10 anos, a ser trabalhado numa multiplicidade de outras vertentes, whalewatching, mergulho com tubarões/jamantas, fotografia subaquática, surf, windsurf, pesca turística, assumindo-se cada vez mais como pilar de sustentabilidade para o Turismo açoriano”, concluiu.

Audio 

Autor: GaCS/NM

Numero de Visitantes
  778913  
Zonas
 

Açores
Corvo
Faial
Flores
Graciosa
Pico
Santa Maria
São Jorge
São Miguel
Terceira

 
  

  










       

 

HOMEMISSÃOPROGRAMAS E AÇÕESLEGISLAÇÃOEVENTOSLINKSCONTACTOSFORMULÁRIOS ONLINE

©2004-2019 Presidência do Governo dos Açores
Todos os Direitos Reservados

Portal do Governo dos Açores
Governo Regional dos Açores  UE